Mundial 2018: RTP reduz prejuízo financeiro com partilha dos direitos de transmissão

Plano de Atividades e Orçamento da estação pública para este ano estimava que a empresa de rádio e televisão tivesse um prejuízo de 5,6 milhões de euros com o campeonato do mundo da Rússia.

A RTP baixou o prejuízo financeiro com a partilha dos direitos de transmissão dos jogos do campeonato do mundo de futebol, com a SIC e Sport TV. De acordo com o “Correio da Manhã” (CM), o Plano de Atividades e Orçamento da estação pública nacional para 2018 tinha previsto que a empresa pública de rádio e televisão tivesse um prejuízo de 5,6 milhões de euros com o mundial da Rússia.

Em declarações ao “CM”, o presidente da RTP, Gonçalo Reis, refere que o grupo conseguiu “atingir receitas significativas” apesar de que “não cobrem na totalidade os custos dos direitos de transmissão”. Gonçalo Reis optou por não revelar o custo final que a transmissão desta competição vai ter para a RTP.

“É um compromisso histórico da RTP estar nestes eventos e aquilo que nós, do ponto de vista económico, fizemos é preparar-nos para que o Mundial seja o mais viável possível. Mas não revelamos as contas com esse nível de detalhe”, afirmou.

A SIC pagou perto de 1,2 milhões de euros pela transmissão de oito jogos do Mundial.