Museu Henrique Francisco Franco promove visitas guiadas com artista madeirense Diogo Goes

O artista plástico madeirense vai ser também orador convidado na Terceira Conferência das Jornadas do Turismo, no dia 7 de fevereiro, às 10 horas.

No próximo dia 18 de janeiro, Diogo Goes vai orientar uma visita guiada ao Museu Henrique Francisco Franco. Esta iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal do Funchal e insere-se na Programação dos Serviços Educativos 2018/2019 da Divisão de Turismo e Cultura. A visita tem início às 15 horas, com entrada livre e vai ser dedicada à especificidade da pintura modernista de Henrique Franco.

Esta visita dirige-se ao público em geral e vai contar com a presença de alunos da Escola da APEL e do ISAL, onde leciona. O artista plástico madeirense vai ser também orador convidado na Terceira Conferência das Jornadas do Turismo, no dia 7 de fevereiro, às 10 horas. Esta iniciativa foi coorganizada pela Associação dos Antigos Alunos da Escola da APEL e pela Escola Profissional do Atlântico.

Nas Jornadas do Turismo, Diogo Goes, no seu discurso, vai abordar a importância do marketing aplicado à especificidade do turismo cultural, onde vai fazer a ponte com a sua experiência na direção e organização de eventos. Estas jornadas contam com a participação de alunos das áreas do Turismo, e têm início no dia 24 deste mês.

O artista inaugurou no passado domingo uma nova exposição coletiva nacional intitulada “Terras de Penaguião”, na qual está representado, no Museu Caves de Santa Marta , em Penaguião. Pode também encontrar uma exposição com participação do artista em Gondomar, na Casa Branca de Gramido.

 

Recomendadas

Saiba como preencher uma queixa no livro de reclamações

Há vários meios para reclamar: o contacto direto com o vendedor/prestador de serviços, o envio de carta registada com aviso de receção ou a queixa no livro de reclamações.

Partidos da oposição na Madeira consideram níveis de pobreza na Região elevados

“A economia está a crescer, estamos a produzir mais e a criar mais riqueza, , mas, por outro lado, as desigualdades também estão a agravar-se”, afirma Rui Barreto.

Banana e pesca com quebras de produção na Madeira

Na agricultura da Madeira verificou-se ainda quebras na produção de batata e de cana-de-açúcar . Na pesca o atum e similares, caiu 9,1%, enquanto que o peixe de espada preto subiu 1,7%.
Comentários