Nómadas do século XXI: o coworking conquista o Porto pelas mãos do Grupo Selina

Vida nova para o Edifício Árabe, no Porto: um espaço exclusivamente dedicado ao coworking, o maior da cidade. Conforto, irreverência, design de excelência… Quer conhecer em primeira-mão o novo espaço que Selina preparou para si?

Conhecida por proporcionar experiências únicas, ideais para espíritos inquietos e com alma de viajante, assim é Selina. Presente em mais de 13 países do Mundo, os seus espaços conjugam a magia das viagens com o mundo do trabalho, permitindo desfrutar da cidade em pleno. Edifícios que falam a estória das cidades onde se inserem, uma experiência integrada, assente na flexibilidade que o coworking permite e na interacção social que só a magia das viagens proporciona. Porque a mobilidade, tanto física como digital, é hoje uma realidade, são cada vez mais as pessoas que optam por fazer do seu local de trabalho uma solução sustentável, participada e rentável: para além de custos reduzidos quando comparados com um escritório normal, o ambiente de coworking facilita o networking, a relação com o próximo. Porque o mercado de trabalho exige a rápida resolução de problemas, pensamento crítico, inteligência emocional e criatividade, estes factores são facilitados por locais que estimulam a troca de experiências. Os espaços que Selina propõe permitem que os nómadas do século XXI possam viver, trabalhar, explorar, desfrutar e transformar o mundo, a partir da sua mesa de trabalho.

Ver para crer, ver para querer

Situado no centro do Porto, na Rua José Falcão, 199, o mais recente projeto da Selina na Invicta representou um investimento de 500.000 euros. O Selina Navis Cowork apresenta planos exclusivos de membership que dão descontos até 20% em dormidas em qualquer Hotel Selina em Portugal. “A ideia é criar uma comunidade de nómadas digitais Selina em Portugal que têm benefícios em todas as experiências da marca (quer seja alojamento, cowork, wellness ou surf) em todo o país”, refere Manuel Rito, Diretor de Marketing e Vendas do Grupo Selina. E para celebrar esta inauguração da melhor maneira, preparou uma surpresa para todos os interessados ou, até, meros curiosos. A iniciativa permite desfrutar de quatro dias de utilização gratuita (entre 26 e 29 de agosto) onde será possível confirmar, in loco, as vantagens que os espaços únicos que Selina lhe propõem. Para além dos 700 m2 dedicados aos escritórios, no piso térreo do edifício irá surgir ainda um um espaço de bar e uma sala multiusos que será palco para os mais variados eventos, conferências ou exposições artísticas. O melhor? Se fizer a sua subscrição até dia 30 de Agosto, obterá um desconto de 25% nos planos de membership, uma oportunidade de ouro para dar à sua vida a inspiração de que precisa. Fundada em 2015, Selina é uma das marcas da sua área de negócio que mais cresce no mundo. Até à data, o investimento global em Portugal é de 75 milhões de euros. O objetivo do grupo é atingir os 250 milhões de euros até 2020. Até ao momento, podem ser encontradas seis propriedades Selina em Portugal: Selina Porto, Selina Secret Garden Lisbon, Selina Ericeira, Selina Vila Nova e Selina Palácio (Palácio Mendia, Lisboa). Estão também prestes a ser adquiridas mais duas propriedades no Gerês e em Peniche. Com Selina, trabalhar é, ainda mais, um prazer!

Para visitas ao espaço ou pré-reservas podem enviar e-mail para reception.navis@selina.com, mais informações em www.selina.com ou no Facebook Selina Navis Cowork.

Recomendadas

Parlamento ouve hoje presidente do Fundo de Resolução sobre nova injecção no Novo Banco

Luís Máximo dos Santos vai nesta quarta-feira, 26 de fevereiro, à Assembleia da República esclarecer as questões levantadas pelo Bloco de Esquerda relativas a uma “perspetiva de nova e relevante injeção de dinheiro do Estado”. Bloquistas querem ainda saber o acompanhamento que tem sido feito de todos os processos de venda de crédito malparado.

Acusação a Ricardo Salgado está parada devido a questões processuais

O processo em que o Banco de Portugal investiga o papel de Ricardo Salgado na sociedade criada para financiar o “buraco” no Grupo Espírito Santo está “preso” porque ainda não levantado o sigilo profissional de um advogado. Ordem dos Advogados tem palavra decisiva.

Santa Casa assina contrato de 3,7 milhões com fornecedor norte-americano de “raspadinhas”

A IGT Global Solutions já tinha sido escolhida em 2016 para o fornecimento de bilhetes de lotaria instantânea durante três anos, num concurso público no valor de 28,5 milhões de euros.
Comentários