Novo Banco reúne amanhã 2.000 colaboradores no Encontro Anual de quadros

No evento, que reúne os quadros das áreas comerciais e dos serviços centrais, “será apresentado o plano estratégico do Grupo e os desafios que se colocam para os próximos anos, assim como a nova estrutura do governance”, diz o banco.

O Novo Banco, liderado por António Ramalho, vai reunir amanhã, dia 14 de Abril, mais de 2.000 colaboradores do Grupo no seu Encontro Anual, avança a instituição liderada por António Ramalho.

No evento, que reúne os quadros das áreas comerciais e dos serviços centrais, “será apresentado o plano estratégico do Grupo e os desafios que se colocam para os próximos anos, assim como a nova estrutura do governance”, diz o banco.

“Serão ainda entregues no evento os prémios de mérito e excelência aos colaboradores que mais se distinguiram nas redes comerciais de retalho e empresas”, explica o Novo Banco.

A convenção será a primeira a acontecer após concluído o processo de venda do Banco.

“Esta é também a primeira vez que o Encontro de quadros do Novo Banco se realiza fora de Lisboa, promovendo uma maior aproximação com as estruturas regionais do Banco”, diz o banco.

Recomendadas

BPI é membro fundador do NEST – projeto-âncora do Programa Turismo 4.0

O BPI lidera a Linha de Apoio à Qualificação da Oferta – Turismo de Portugal, com uma quota de 23,6% do montante total de crédito enquadrado até 30 de junho de 2018. No âmbito desta linha, o BPI, em conjunto com o Turismo de Portugal, já financiou mais de 20 milhões de euros respeitantes a 37 projetos (27,8%).

Novo Banco nomeia Mark Bourke para CFO

Mark Bourke deverá entrar em funções no Novo Banco previsivelmente no início do próximo ano, depois de completar o seu mandato no AIB e após autorização pelo Banco Central Europeu.

Crédit Agrícole desiste do Eurobank na Polónia. BCP na corrida

O Crédit Agrícole retirou-se da corrida para comprar o Eurobank, a subsidiária polaca da Société Générale, deixando o campo aberto ao Millennium bcp e ao polaco Alior Bank, de acordo com a Reuters que cita o diário polaco Puls Biznesu.
Comentários