Novos pilotos da TAP vão ter formação no Reino Unido

A formação para ‘Type Rating’ em Airbus A320 começou já este mês e decorrerá nos centros de treino da L3 em Southampton e Gatwick, no Reino Unido, garante a companhia aérea nacional.

A TAP firmou um memorando de entendimento com a L3 Commercial Aviation, uma empresa que presta serviços de formação de pilotos.

“Este acordo tem como objetivo promover a cooperação entre as duas empresas, proporcionando oportunidades de emprego aos formandos da L3, possibilitando também a qualificação de ‘Type Rating’ do Airbus A320 pela L3 aos novos pilotos contratados pela TAP”, destaca um comunicado da companhia área nacional.

Para Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP, “com uma companhia aérea em rápido crescimento, a garantia de um ‘pipeline’ de novos pilotos bem treinados e de alta qualidade não poderia ser mais importante”.

“Esta parceria ajudará a garantir o fornecimento dos melhores pilotos, ajudando a manter os nossos altos padrões de exigência”, garante o presidente da TAP.

“Estamos muito satisfeitos por trabalhar mais de perto com a TAP Air Portugal”, afirmou, por seu turno, Mário Spínola, director da L3 Airline Academy, na Europa.

“O acordo permite-nos oferecer mais oportunidades de emprego para os nossos formandos nesta companhia aérea líder, apoiando ao mesmo tempo o crescimento da TAP e oferecendo treino inicial de classe mundial para os seus novos pilotos”, destacou o responsável da L3.

Segundo o comunicado da TAP, este memorando de entendimento estabelece a intenção da oferta, pela TAP, de uma potencial carreira futura aos formandos atuais da L3, bem como o recrutamento de pilotos que constem da bolsa de pós-graduados da empresa de formação de pilotos.

A TAP acrescenta ainda que selecionará a L3 como fornecedor para o treino de qualificação de tipo Airbus A320 para os seus novos pilotos.

“A formação para ‘Type Rating’ em Airbus A320 começou já este mês e decorrerá nos centros de treino da L3 em Southampton e Gatwick, no Reino Unido”, garante o referido comunicado.

Ler mais
Recomendadas

Aeronáutica, Espaço e Defesa valem entre 1,6 e 1,8 mil milhões

Estudo da consultora EY conclui que TAP, OGMA e Embraer valem cerca de 30% deste ‘cluster’, que já emprega em Portugal cerca de 14.700 pessoas.

Crédito Agrícola elege hoje novos órgãos sociais

A lista encabeçada por Licínio Pina é a única concorrente. O atual presidente está à frente dos destinos da Caixa Central de Crédito Agrícola desde 2013.

NASA e Agência Espacial Europeia em Ponte de Sor

O ‘cluster’ aeronáutico e aeroespacial agrupado no Portugal Air Summit 2019 vai ter o contributo das duas principais agências espaciais.
Comentários