“Nunca houve ocultação nem a mínima intenção de fugir aos impostos”, reafirma Cristiano Ronaldo

O jogador português afirmou em comunicado o que já tinha garantido ao fisco espanhol: “jamais ocultei algo”

Cristiano Ronaldo afirmou, hoje, perante o Tribunal de Instrução nº1 de Pozuelo de Alarcón que “nunca” foi “ocultado nada” ou teve sequer “intenção de fugir aos impostos”, segundo noticia o espanhol EFE.

“O Tesouro espanhol tem acesso detalhado a todas as minhas finanças, pois foram-lhes entregues; jamais ocultei algo, nem tenho intenção de fugir aos impostos”, realçou o futebolista português em comunicado à imprensa.

Ronaldo foi hoje ouvido, à porta fechada, pelas 11h30 locais (10h30 em Portugal), na sequência da acusação feita pelo Ministério Público, em que o internacional português é suspeito de ter defraudado o fisco espanhol entre 2011 e 2014, em cerca de 14,7 milhões de euros, relativos a rendimentos de direito de imagem.

O jogador do Real Madrid é acusado de ter criado uma sociedade, cometendo quatro alegados delitos: 1,39 milhões em 2011, mais 1,66 milhões em 2012, a que se juntam 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014. Na queixa é acrescentado que estes crimes foram cometidos de forma “voluntária” e “conscientes”.

Relacionadas

Pagamentos de Ronaldo referidos em escutas da Operação Marquês

Cristiano Ronaldo é ouvido amanhã às 11h30 ‘à porta fechada’ num tribunal em Madrid. Os principais negócios de 13 clubes, entre os quais, o Benfica, Sporting e Porto, estão a ser alvo de investigação do fisco português. A investigação começou em 2016 e envolve ainda dez empresas.

A relação complicada dos super-ricos com os impostos

Ronaldo foi acusado de fraude fiscal. Messi também já teve problemas com a administração tributária, tal como Neymar, Di María e muitos outros. Afinal quão disseminada está a evasão fiscal?

Ronaldo, Mourinho, Di María, Falcão e Coentrão. Todos têm um homem em comum

Não é Jorge Mendes … Até hoje, o testa-ferro dos jogadores passou despercebido por muitos. O El Economista teve acesso a documentos que provam que os jogadores acusados de fraude fiscal em Espanha têm um homem em comum.

Real Madrid reforça confiança em Ronaldo depois da acusação de fuga ao fisco

A questão reside na forma como a equipe de fiscalistas de Ronaldo interpreta a legislação fiscal, no que concerne à declaração dos rendimentos obtidos pelos direitos de imagem, que difere da interpretação de Madrid.
Recomendadas

Bruxelas quer esclarecimentos de Centeno sobre limite de despesa no OE2019

Comissão Europeia remeteu carta ao Governo português a solicitar esclarecimentos.

Bilhetes para o futebol estão mais caros em Itália. E a culpa é de um português

A claque da Juventus já apresentou várias queixas, e através de um comunicado, explicaram que vão aos jogos mas com desagrado, já que ver a ‘Vecchia Signora’ fora de casa custa 100 euros.
AHP - Raul martins

AHP defende a sua independência e reforça confiança em Cristina Siza Vieira

A AHP continua, assim, a contar “com as reconhecidas qualidades de competência, empenho, isenção e frontalidade” da sua presidente da direção executiva, Cristina Siza Vieira.
Comentários