O futuro dos criptoativos num gráfico

Apesar dos últimos movimentos no mercado das criptomoedas, a maior parte das criptomoedas começou a recuperar parte das perdas que surgiram no final de maio, enquanto que o mercado regista a entrada de novos investidores de retalho.

O mês de julho acabou por se tornar uma surpresa positiva para os investidores, terminando com os dois meses consecutivos de perdas.
Embora este mercado seja caracterizado pelos períodos de elevada volatilidade, durante os últimos 2 meses as criptomoedas mantiveram-se lateralizadas.

No caso da Ethereum, a segunda maior criptomoeda terminou o segundo trimestre a registar ganhos, cerca de 18%. Enquanto isso, a Bitcoin registou o pior trimestre dos últimos anos, acabando por desvalorizar cerca de 40%.

Saiba como negociar CFDs de criptomoedas com a XTB neste artigo.

Se, por um lado, a maior parte dos investidores de cripto ativos já está acostumada aos períodos de elevada volatilidade, em comparação com os mercados tradicionais, por outro, estes momentos de correção tendem a ser cada vez mais violentos e podem apresentar-se como um fator de risco mesmo para investidores com maior tolerância ao risco.
O último sell-off registado no final de maio acabou por se tornar a queda mais violenta a curto prazo até agora.

Curva-S

Para além disso, muitos analistas ilustram a evolução da adoção das criptomoedas através do modelo do gráfico da curva S.

O gráfico abaixo ilustra a situação atual da adoção da Bitcoin e os riscos associados. No caso deste novo mercado passar a ser cada vez mais aceite, existe a possibilidade de surgir um crescimento exponencial deste novo ecossistema. No entanto, existem sérios riscos deste não ser viável no futuro e comprometer a evolução dos preços dos criptoativos.

Acompanhe em tempo real a cotação das maiores criptomoedas da atualidade.

Evolução da adoção da Bitcoin através do modelo curva S. Fonte: Goldman Sachs

Os períodos de elevada volatilidade têm sido associados aos entraves que o mercado das criptomoedas tem vindo a enfrentar, comprometendo o desempenho das várias criptomoedas existentes.

Conheça a diversificada oferta de criptomoedas disponíveis da XTB.

Apesar das últimas recuperações no mercado dos cripto-ativos, as notícias que envolvem e põem em causa a mineração de Bitcoins na China (a maior região de mineração de Bitcoin do mundo) podem continuar a comprometer o desenvolvimento do mercado, tal como já aconteceu no passado.

Por outro lado, será que a retirada dos mineradores para outros países poderá traduzir-se numa maior adoção por parte de outras economias?

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiam em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas. Esteja ciente de que dados de desempenho anteriores não são um indicador fiável de desempenho futuro.

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 73% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Mais informação em xtb.pt

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a XTB.

Recomendadas

B2B Sales Performance: como criar e reter valor nas empresas?

As vendas B2B (business to business) têm mais expressão global do que as vendas B2C (business to consumer). Porquê? E como tem evoluído esta área das empresas no mundo digital? Saiba tudo nesta conversa em parceria com o ISEG Executive Education.

Será a tecnologia a chave para a recuperação do sector imobiliário?

O sector imobiliário estagnou com a pandemia. Descubra como a inovação tecnológica poderá ser essencial no desenvolvimento deste sector na JE Brand Channel Talks no dia 23 de setembro, às 15h00.

Pedro Borges Caroço sobre o regresso da Page Executive: “Estava na hora”

O Associate Partner da Page Executive, Pedro Borges Caroço, fala sobre a formalização do regresso da marca especializada em recrutamento de executivos ao mercado português e sobre a importância desses profissionais para a valorização das empresas.
Comentários