“O Orçamento Regional tem uma relevante componente social”, diz PSD

A redução do preço dos transportes, defende o PSD, vai mexer no bolso das pessoas e permitir à população ter mais rendimento disponível.

O PSD defende que o Orçamento Regional tem uma componente social relevante, dando como exemplo a redução no preços dos transportes públicos.

“É uma redução significativa que mexe no bolso das pessoas mas que vai permitir mais rendimento disponível”, explicou Eduardo Jesus, deputado do PSD.

A redução do preço dos transportes urbanos, para os 30 euros, vai beneficiar 17.500 pessoas, enquanto que nos interurbanos, que terão um custo de 40 euros, abrange 9.600 pessoas.

A implementação da medida, adiantou o deputado social democrata, implica uma verba de seis milhões de euros.

Eduardo Jesus lembra que a medida vai ainda beneficiar os estudantes universitários e ainda permitir viagens gratuitas até aos 12 anos de idade.

“Este é culminar de um trabalho que foi sendo feito desde o início do mandato do executivo, com a aprovação do Plano Estratégico dos Transportes para a Madeira, que permitiu agir sobre a rede de transportes e o preço os transportes”, realçou o social democrata.

Ler mais
Recomendadas

Binter lança campanha para voos entre Madeira, Canárias e Tenerife

A campanha é válida até este sábado para voos realizados em março.

Orquestra Clássica da Madeira em concerto que comemora os seus 55 anos

O concerto vai ter lugar no Centro de Congressos da Madeira, com início às 18h.

PSD diz que a Madeira “pode orgulhar-se” de ser a primeira no País a avançar com estatuto do cuidador informal

João Paulo Marques diz que a proposta “prova” que o Governo Regional tem a intervenção e o apoio social como áreas prioritárias de governação, “não só apoiando quem mais precisa, mas, com o estatuto do cuidador informal, cuidando de quem cuida e dando condições para que os familiares possam cuidar dos seus doentes em casa, que é onde deles precisam e onde merecem estar”.
Comentários