O Porto espera por si – e há um Pestana para todos os gostos

Do filigrana a palácios do Século das Luzes. Das margens do Douro às avenidas mais emblemáticas da cidade. Falámos com Mariana Lacerda, diretora de área do Pestana Hotel Group, para lhe dar a conhecer todas as opções de alojamento na Invicta.

 

Com quatro décadas de história, o Pestana Hotel Group é atualmente o maior grupo português no sector do turismo. O segredo parece estar na diferenciação e na cultura de excelência, que faz com que tantos clientes se tornem fiéis à marca hoteleira. No Porto são já  quatro hotéis, e há opções para todos os gostos, que vão desde o requinte histórico do centro da cidade ao luxo à margem do Douro.

Estivemos à conversa com Mariana Lacerda, diretora de área do Pestana Hotel Group, que nos apurou a curiosidade sobre a aposta do grupo na cidade invicta e que nos abriu a porta do Pestana Palácio do Freixo, “a expressão máxima do estilo barroco em Portugal”.

Qual o seu papel enquanto directora de área do Porto, no Pestana Hotel Group?

Como responsável pela área do Porto, cabe-me coordenar as operações dos quatro hotéis do Pestana Hotel Group na cidade: Pestana Palácio do Freixo, Pestana Vintage Porto, Pestana Porto – A Brasileira e o mais recente, Pestana Porto – Goldsmith.

Como é que se caracteriza o cliente do Grupo no Porto? A taxa de ocupação é composta mais por portugueses ou por estrangeiros? Quais as principais nacionalidades dos que o visitam?

Na cidade do Porto, o Pestana Hotel Group faz-se representar pela marca Pestana Collection Hotels (Pestana Palácio do Freixo, Pestana Vintage Porto e Pestana Porto – A Brasileira) e Pestana Hotels & Resorts (Pestana Porto – Goldsmith). O Cliente Pestana Collection é sofisticado, com elevado poder de compra, que deseja ficar alojado numa localização única e privilegiada e procura uma experiência autêntica e personalizada.

O Pestana Porto – Goldsmith é a mais recente unidade de 4 estrelas do Pestana Hotel Group no Porto, com um conceito agregado à filigrana, que prima pela sua localização ímpar no coração da cidade, em plena Avenida dos Aliados. A percentagem de portugueses nas nossas unidades no Porto ronda os 20%. Dos restantes 80%, a maioria são norte-americanos, britânicos e brasileiros.

Recomendadas

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

“Confrontados com o grave ataque público à integridade profissional da jornalista Maria Flor Pedroso, os jornalistas abaixo-assinados não podem deixar de tomar posição em sua defesa”, referem os 55 jornalistas que subscrevem o documento.

PremiumO Estado angolano, a empresa americana e o gestor português

A Aenergy, detida por um português, teve vários contratos cancelados pelo Executivo angolano por alegadas irregularidades. Oempresário diz que sempre cumpriu a lei e já recorreu das decisões.

Equipa da RTP retida e questionada na fronteira no regresso de Hong Kong

O caso levou a Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) a apelar às autoridades de Macau para que “o livre exercício da profissão esteja assegurado na plenitude”.
Comentários