O que dizem os jornais este sábado?

Conheça aqui os principais títulos do dia.

Este sábado, 13 de janeiro, na capa do Público: “Função Pública: Salários com progressões não chegam a todos”. A Lei de financiamento dos partidos também é noticiada no matutino sob o título: “Socialistas afrontam veto de Marcelo e mantêm diploma do financiamento do partido”.

Diário de Notícias faz manchete com a notícia de que: “Parlamento aperta cerco a deputados e advogados”. Na mesma edição, destaque para a entrevista a Mário Assis Ferreira sobre a Santa Casa.

O Expresso destaca a justiça e adianta: “Governo decidido a afastar a PGR” e “MP admite que não confia na justiça angolana”.

Jornal de Notícias revela: “Ninhos de vespa asiática duplicam e causam alarme”. O diário escreve ainda: “Água mais cara onde gestão é privada”.

O Correio da Manhã dá enfoque à recuperação do vencedor da Eurovisão, que já terá tido alta depois de um transplante: “Cantor protegido de multidões e abraços”.

Recomendadas

Gomes da Silva eleito melhor CEO do ano na relação com os investidores

O prémio foi atribuído ao presidente da Galp na gala anual dos IRG Awards, promovida pela Deloitte há 31 anos e apoiada pela Forbes, e que decorreu na noite de ontem no Convento do Beato, em Lisboa.

Nasce manifesto anti-Tomás Correia para o Montepio

Um conjunto composto por várias dezenas de associados e associadas da Associação Mutualista Montepio.

Farfetch vale 7,02 mil milhões de dólares em bolsa

No lançamento do IPO, as ações da empresa valiam 20 dólares (17,03 euros), mas no final da sessão fecharam com uma cotação de 28,5 dólares. Ao fecho da sessão, a Farfetch tinha uma capitalização bolsista de 7,02 mil milhões de dólares (6,13 mil milhões de euros).
Comentários