Obrigações ‘verdes’: EDP angaria 600 milhões e paga menos na emissão

A elétrica já emitiu 2.100 milhões de euros de green bonds em menos de um ano. Esta foi a terceira emissão de obrigações verdes por parte da elétrica sendo que a dívida destina-se a financiar projetos de energia eólica e solar.

Cristina Bernardo

A EDP esteve esta terça-feira no mercado a vender 500 milhões de euros em dívida verde mas o objetivo inicial acabou por ser superado já que a elétrica acabou por angariar 600 milhões de euros com o preço da emissão de títulos (a sete anos) a ficar por um valor abaixo do que era expectável.

Note-se que na altura da emissão o valor da operação estava nos 0,643% mas no final da mesma, estas obrigações da EDP a sete anos vão ter uma “yield” de 0,428%.

Esta é a terceira emissão de obrigações verdes por parte da elétrica.

As obrigações verdes (green bonds) destinam-se a financiar projetos renováveis – eólicos e solares – da EDP Renováveis.

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Carga fiscal faz com que lucros da REN caiam 5% situando-se nos 86,3 milhões de euros

O EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) foi de 368 milhões, o que representa uma queda de 2,7% face ao período homólogo, segundo a REN.

Hotel da Barrosinha abre portas em Álcacer do Sal num investimento de cinco milhões de euros

Dispondo de 37 quartos standard, que inclui um quarto totalmente adaptado para pessoas com mobilidade reduzida e oito quartos comunicantes, e ainda duas suites, o Hotel da Barrosinha aposta na proximidade ao ritmo da natureza.

Ministro do Ambiente afirma que processo do lítio em Montalegre é “cristalino”

João Pedro Matos Fernandes afirmou que “é óbvio” que os argumentos das populações são importantes, bem com os das autarquias”, e lembrou que durante a avaliação de impacto ambiental vai decorrer uma consulta pública.
Comentários