OE2019: Bancos que não comuniquem operações ‘offshore’ vão pagar coimas de 165 mil euros

O Governo pretende, assim, alterar o Regime Geral das Infrações Tributárias (RGIT) relativa à falta ou atraso de declarações para efeitos fiscais devem ser apresentadas a fim de que a administração tributária especificamente determine, avalie ou comprove a matéria colectável.

Os bancos que estão a obrigados a submeter anualmente, até ao final de Março, no Portal das Finanças uma declaração (o modelo 38) para dar conta do conjunto dos fluxos para ‘offshore’ ocorridos no ano anterior e não cumpram esta obrigação declarativa arriscam no próximo ano a um agravamento das coimas de 3200% para 165 mil euros.

Com a medida que consta da proposta do OE/2019, O Governo pretende, assim, alterar o Regime Geral das Infrações Tributárias (RGIT) relativa à falta ou atraso de declarações para efeitos fiscais devem ser apresentadas a fim de que a administração tributária especificamente determine, avalie ou comprove a matéria colectável.

De acordo com o documento entregue no Parlamento, quando a infração prevista no RGIT (falta ou atraso de declarações) diga respeito à falta de apresentação ou apresentação fora do prazo legal das declarações modelo 38  “é punível com coima de 3.000 a 165.000 euros”. Até agora, as coimas previstas para os contribuintes que incumpram as obrigações declarações variam entre os 250 euros e os cinco mil euros, montantes que o Governo quer, no próximo ano, agravar em 1100% e 3200%, respectivamente.

Recorde-se que os bancos estão agora obrigados a submeter anualmente, até ao final de Março, no Portal das Finanças, a declaração de modelo oficial (modelo 38), aprovada por portaria do membro do Governo responsável pela área das finanças, relativa às transferências e envio de fundos que tenham como destinatário entidade localizada em país, território ou região com regime de tributação privilegiada mais favorável.

A informação a submeter pelos bancos inclui a identificação das contas, o número de identificação fiscal dos titulares, o valor dos depósitos no ano, o saldo em 31 de Dezembro, bem como outros elementos que constem da declaração de modelo oficial.

Recomendadas

Igreja Anglicana propõe orações e chá para enfrentar incerteza do Brexit

Perante os últimos dias de incerteza que têm marcado o ‘Brexit’, a Igreja Anglicana no Reino Unido está a fazer uma proposta peculiar aos fiéis: beber uma chávena de chá e fazer uma “oração” pelo futuro do país.

May vai escrever a Tusk para pedir adiamento do Brexit

Secretário de Estado para o ‘Brexit’ admitiu ser “altamente provável e esperado que o Conselho Europeu peça um objetivo claro para qualquer extensão, sobretudo para determinar a sua duração”, sendo que a aprovação de uma extensão tem de ser por unanimidade.

Presidente do Parlamento britânico nega nova votação do ‘Brexit’ de Theresa May

John Bercow, que se tornou numa figura central no processo do Brexit, negou a May uma nova votação do tratado que a primeira-ministra negociou com Bruxelas.
Comentários