Os números do emprego na Madeira

A população empregada na Madeira cresceu 4,9% em termos homólogos e 1,1% em relação ao trimestre anterior. As áreas do alojamento e restauração tiveram reforço no número de empregados.

O terceiro trimestre apresentou um acréscimo de homólogo e trimestral de 4,9% e 1,1%, na população empregada, na Madeira, para as 125,1 mil pessoas, refere a Direção Regional de Estatística (DREM).

Este aumento no emprego foi sustentado por uma subida nas área do alojamento e restauração, e atividades similares, na ordem dos 8,6%. A construção foi outro setor a reforçar a sua população empregada em 16%, enquanto que as actividades administrativas e dos serviços de apoio cresceu 24,3%.

De salientar ainda a subida de 3,4% dos empregados por conta de outrem, uma tendência que se confirma ainda nos trabalhadores por conta própria que chegou aos 12,5%.

Em subida está também os empregos a tempo completo (5,7%) e dos contratos de trabalho com termo (12,6%).

Relacionadas

Taxa de desemprego da Madeira é a mais alta do país

Depois da Madeira é os Açores a apresentar a taxa de desemprego mais elevada do país.
Recomendadas

Alberto João Jardim: “O nosso adversário foi número dois de Sócrates e chama-se António Costa”

O presidente honorário do PSD/Madeira afirmou este sábado, no congresso regional do partido, que o primeiro-ministro, António Costa, é o “adversário” da autonomia e aconselhou os dirigentes sociais-democratas a “internacionalizar” a questão.

Miguel Albuquerque rejeita “imposição colonial” de Lisboa

O líder social-democrata considerou que a sociedade madeirense está bipolarizada politicamente entre os “autonomistas” do PSD/M e os “feitores do colonialismo lisboeta, os socialistas e os comunistas locais subordinados às ordens do poder central jacobino”.

Teatro Experimental do Funchal encena Lenda de Tristão e Isolda

O Teatro Experimental do Funchal tem em exibição a peça teatral ‘A Lenda de Tristão e Isolda’ até 26 de janeiro.
Comentários