Paços de Ferreira criou 2.500 postos de trabalho nos últimos três anos

Nos últimos três anos, foram criadas 561 novas empresas no concelho de Paços de Ferreira.

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, vista hoje de manhã três empresas do concelho de Paços de Ferreira, desta forma reconhecendo o dinamismo do tecido empresarial do concelho.

De acordo com as informações veiculadas pela autarquia pacense, “nos últimos três anos, foram criadas 561 novas empresas e 2.500 postos de trabalho, sendo a previsão dos empresários [do concelho] a criação de mais 1.000 postos de trabalho”.

Manuel Caldeira Cabral, acompanhado do presidente da Câmara Municipal de Paços de Fereira, Humberto Brito, vai verificar no terreno o sucesso de três empresas do concelho: Móveis Veríssimo, Prugent Diam e Maroco, Lda.

Uma das iniciativas da autarquia de Paços de Ferreira foi o lançamento da Semana do Investimento e do Emprego, durante a qual se “constatou o crescimento das empresas e das industrias do concelho, com um investimento que ascende os 100 milhões de euros”.

 

Recomendadas

Preços predatórios continuam a dominar o setor da segurança privada

O problema do ‘dumping’ no negócio da segurança privada ainda não foi mitigado. A responsabilidade solidária imposta pela Lei da Segurança Privada, de julho, poderá contudo ser a solução.

Segurança privada. Contratação com prejuízo é uma prática generalizada

No geral, os preços de contratação da segurança privada continuam a ser feitos com prejuízo. A rentabilidade dos capitais próprios das empresas do setor é negativa e a lei da segurança privada impõe responsabilidade solidária ao cliente, o que pode contribuir para a redução das más práticas.

Diretiva Netflix: Cofina quer apostar na criação de conteúdos para exportar

À boleia das novas regras europeias que exigem que plataformas como a HBO ou a Netflix tenham 30% de conteúdos europeus, a Cofina espera “intensificar a criação de conteúdos de perfil exportador”, após a compra da Media Capital, dona da Plural, produtora de conteúdos.
Comentários