‘Page Assessment’ é o novo serviço de consultoria de recursos humanos da Michael Page

“Trata-se de um serviço distinto do serviço de consultoria de recrutamento, que passa por desenvolver projetos de contultoria de human capital nomeadamente serviços de assessment, formação, estudos de clima, benchmark salariais, entre outros, de forma a auxiliar as empreas clientes e os seus departmanetos de recursos humanos ou respetivos conselhos de administração a desenvolver projetos relacionados com recursos humanos”, explica a Michael Page.

A Michael Page, empresa especializada em serviços de recrutamento, lançou um novo serviço de consultoria de recursos humanos, a ‘Page Assessement’.

Com a ‘Page Assessement’, pretende “posicionar-se como um gabinete e consultoria especializado em recursos humanos e atuar como um conselheiro” junto dos clientes, disse a Michael Page, em comunicado.

“Trata-se de um serviço distinto do serviço de consultoria de recrutamento, que passa por desenvolver projetos de contultoria de human capital nomeadamente serviços de assessment, formação, estudos de clima, benchmark salariais, entre outros, de forma a auxiliar as empreas clientes e os seus departmanetos de recursos humanos ou respetivos conselhos de administração a desenvolver projetos relacionados com recursos humanos”, lê-se na nota.

A ‘Page Assessement’ é um projeto encabeçado por Lourenço Cumbre, executive manager, e de Beatriz Themudo Barata, senior consultant.

“O objetivo é atuar como conselheiros de confiança junto dos nossos clientes, acompanhando o seu negócio e desenvolvimento de talento, de forma a atribuir-lhes uma boa vantagem competitiva”, disse Lourenço Cumbre.

A ‘Page Assessement’ é um serviço adaptado às necessidades de cada cliente e que “proporcionará soluções à medida” e “alinhadas com a cultura e visão de cada empresa”, explica a Michael Page.

Ler mais
Recomendadas

EDP e EDP Renováveis: “Quebra e recuperação das ações refletem a força e a proteção das marcas”, diz especialista em reputação

Certo é que ainda cedo para tirar mais ilações sobre o impacto deste caso na reputação e na marca da EDP. “Quanto aos impactos na força de marca e em particular na reputação, há que ter em atenção que se trata de uma marca com um índice de força claramente robusto e que temos obviamente de esperar mais algum tempo para aferir os impactos reais”, salientou João Baluarte, sócio da OnStrategy, empresa especialista em análise reputacional de empresas.

EUA vão pagar 1,4 mil milhões de euros para Novavax desenvolver 100 milhões de vacinas da Covid-19

O governo dos EUA decidiu apostar e confiar na Novavax, uma empresa do estado do Maryland que nunca colocou um produto no mercado.

Deutsche Bank multado em mais de 130 milhões de euros após Epstein usar contas do banco para silenciar vítimas

De acordo com o “The New York Times”, o Deutsche Bank não fez “muitas perguntas” a Epstein para o ter como cliente. Nem mesmo quando foi observada a retirada de 100 mil dólares (88,6 mil euros) das contas do falecido multimilionário para “gorjetas e despesas domésticas”.
Comentários