Panamá constrói quarta ponte sobre o canal com empresas chinesas

O investimento da infraestrutura sobre o canal interoceânico está orçado em 1,4 mil milhões de dólares, o equivalente a 1,25 mil milhões de euros.

O consórcio Panamá Quarta Ponte, no qual pontificam a China Communications Construction Company LTD e a China Harbour Engineering Company LTDO assinou esta sexta-feira com o governo do Panamá o contrato para a construção de uma nova ponte sobre o canal do Panamá.

A ponte, a quarta sobre o canal interoceânico, destina-se à circulação de veículos automóveis, mas comporta também uma linha de metro.

A infraestrutura vai servir cerca de 1,7 milhões de habitantes, é concebida para ter uma vida útil de cem anos e requer um investimento de 1,4 mil milhões de dólares, o equivalente a 1,25 mil milhões de euros.

 

Recomendadas

34 anos depois, Wall Street volta a ‘vestir’ Levi Strauss. Regresso com subida superior a 30%

Para regressar aos mercados, a empresa colocou em circulação 36,66 milhões de ações, que chegaram aos investidores com um preço fixado de 17 dólares por título, um valor superior ao valor de referência fixado na oferta de saída que se situava entre os 14 e os 16 dólares.

Grupo Sonae investiu 1,2 mil milhões em 2018

O grupo não está preocupado com a entrada da Mercadona no território nacional – “já enfrentámos franceses e alemães”. E, por outro lado, ainda não desistiu de todo do IPO que, em 2018, não conseguiu levar por diante com a Sonae MC.

Economia digital: faturação das PME portuguesas atingiu os 97 milhões de euros

Segundo um estudo da PayPal, a internet permite que as pequenas e médias empresas acedam a “mais de 4,1 mil milhões de clientes de todo o mundo”. Ficou comprovado que a faturação das pequenas empresas portuguesas, sustentadas na economia digital, aumentou mais de 19% entre 2016 e 2017, para mais de 97 milhões de euros.
Comentários