Partidos políticos têm 50 milhões de euros em imóveis

O PSD é o partido mais rico em capital imobiliário.

Os partidos políticos portugueses têm 50 milhões de euros em imóveis declarados à Entidade das Contas e Financiamento dos Partidos, sendo que a maioria deles é isenta de IMI, noticia o “Público” na edição desta segunda-feira, 24 de junho.

Segundo o mesmo jornal, o Partido Social-Democrata (PSD) é o mais rico em capital imobiliário, porque solicitou à Autoridade Tributárias para reapreciar os seus imóveis. Na sequência dessa reavaliação, passou de 5,9 milhões de euros para 26,3 milhões de euros – mais de metade do valor patrimonial declarado por todos os partidos com assento parlamentar.

“O PSD desenvolveu, nos últimos meses de 2018, um trabalho de reavaliação do seu património imobiliário com o apoio de uma empresa especializada, tendo o seu resultado tido reflexo nas Demonstrações Financeiras de 2018. Em causa esteve a reavaliação de 90 imóveis”, pode ler-se num documento interno a que o diário teve acesso

Recomendadas

Baixa de Lisboa, Av. Liberdade e Almirante Reis sem novas licenças de alojamento local

BE e PS chegaram a acordo para o Regulamento do Alojamento Local de Lisboa, que deverá passar a incluir o eixo Baixa/Avenida da Liberdade/Avenida Almirante Reis nas zonas de contenção, assegurando a interdição de novas licenças.

Preço dos prédios para reabilitação na zona ribeirinha de Lisboa disparou 47%

Analisando os valores globais no país, a promoção imobiliária e a reabilitação urbana registaram um investimento acima dos 750 milhões de euros este ano.

Rendas congeladas por cinco anos em Berlim para combater ‘boom’ imobiliário

O acordo entre os sociais-democratas do SPD, os Verdes e o Partido de Esquerda (Die Linke) permitem que o presidente da Câmara de Berlim, Michael Mueller, coloque o plano em vigor já no primeiro trimestre de 2020, após aprovação autárquica.
Comentários