Passivo da Administração Regional nos 377,4 milhões de euros

O boletim da Direção Regional do Orçamento e Tesouro diz que este valor representa uma descida de 133,7 milhões de euros face ao início de 2017.

O passivo da Administração Pública Regional (APR) fixou-se nos 377,4 milhões de euros, em novembro, o que significa uma descida de 133,7 milhões de euros face ao início de 2017.

O boletim da Direção Regional do Orçamento e Tesouro diz que os pagamentos em atraso ficaram nos 22,8 milhões de euros, até final de novembro, acrescentando que sofreram uma descida de 21,5 milhões de euros em comparação com janeiro.

As receitas fiscais caíram 10,7% em termos homólogos, com descida na receita de IRC a atingir os 58,2%. As receitas não fiscais tiveram um tombo de 6,5%.

O boletim diz ainda que “mais de metade” da verba despendida foi para a área social numa verba calculada em 609,0 milhões de euros.

Os organismos da APR tiveram um défice de 123,3  milhões de euros.

Recomendadas

Uaucacau planeia chegar a Lisboa ou Porto até final do ano

A empresa produz chocolates artesanais, com sabores típicos da Madeira, que são obtidos através de produtores regionais.

Estado quer canalizar receita dos impostos do tabaco e das bebidas açucaradas das regiões autónomas para o SNS

A proposta de OE2019 prevê uma alteração ao atual artigo do Código dos Impostos Especiais de Consumo no que se refere ao Artigo 105.º (Taxas nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira), aumentando o imposto sobre o tabaco produzido nestas regiões. As receitas serão canalizadas para o SNS. Assim como as das bebidas açucaradas.

‘Bioplatform’: plataforma de agricultura biológica quer chegar ao mercado ibérico

O Bioplatform é uma plataforma comercial quer quer servir como pólo agregador na área da agricultura biológica.
Comentários