Paula Cabaço chamada ao parlamento pelo PS para esclarecer iluminação de natal e fim-de-ano

O PS afirma que que a Secretaria Regional do Turismo e Cultura deveria ter acautelado todos os mecanismo para que não voltassem a acontecer atrasos na instalação das luzes.

O PS vai chamar a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, à Assembleia Regional para esclarecer o diferendo relativo à iluminação de natal e fim-de-ano.

“Verifica-se, pois, que o Governo Regional está, novamente, numa corrida contra o tempo, quando, como referido, no ano passado assistimos ao atraso no processo de colocação das iluminações de Natal e Fim de Ano”, alertam os socialistas.

Para o líder parlamentar do PS Madeira, Victor Freitas, o problema da iluminação continua a persistir acrescentando que a secretaria regional, tutelada por Paula Cabaço, “deveria ter acautelado todos os mecanismos” para que não voltassem a ocorrer atrasos neste processo.

Nesse sentido o PS considera urgente ouvir a governante relativamente às consequências de um possível atraso nas instalação da iluminação de natal e fim-de-ano na imagem do destino Madeira.

Relacionadas

Madeira: Ação em tribunal mantém iluminação de natal e fim-de-ano em suspenso

Esta acção vem da empresa que ficou em segundo lugar no procedimento de ajuste directo referente ao contacto de iluminação de natal e fim-de-ano da Madeira.

CDS-PP considera inaceitável novo diferendo em tribunal sobre iluminações de natal e fim-de-ano

O partido diz que a suspensão do contrato para a instalação da iluminação de natal e fim-de-ano, na Madeira, cria problemas junto do comércio e do turismo.
Recomendadas

Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira empresta manuais escolares para ajudar famílias a diminuir custos

A Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, afirma que “é também na base destas ações preconizadas pelo Governo Regional que se cumpre a função social para a qual todas as instituições devem estar cada vez mais despertas e sensibilizadas”.

Câmara do Funchal acolhe exposição de artesanato “Do Mar à Terra”

A vereadora Madalena Nunes refere que para além do talento e criatividade expressos nas peças, é de salientar a mensagem ecológica de preocupação com o ambiente, dado que algumas das peças foram criadas a partir de materiais reciclados.
Comentários