Paula Cabaço chamada ao parlamento pelo PS para esclarecer iluminação de natal e fim-de-ano

O PS afirma que que a Secretaria Regional do Turismo e Cultura deveria ter acautelado todos os mecanismo para que não voltassem a acontecer atrasos na instalação das luzes.

O PS vai chamar a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, à Assembleia Regional para esclarecer o diferendo relativo à iluminação de natal e fim-de-ano.

“Verifica-se, pois, que o Governo Regional está, novamente, numa corrida contra o tempo, quando, como referido, no ano passado assistimos ao atraso no processo de colocação das iluminações de Natal e Fim de Ano”, alertam os socialistas.

Para o líder parlamentar do PS Madeira, Victor Freitas, o problema da iluminação continua a persistir acrescentando que a secretaria regional, tutelada por Paula Cabaço, “deveria ter acautelado todos os mecanismos” para que não voltassem a ocorrer atrasos neste processo.

Nesse sentido o PS considera urgente ouvir a governante relativamente às consequências de um possível atraso nas instalação da iluminação de natal e fim-de-ano na imagem do destino Madeira.

Relacionadas

Madeira: Ação em tribunal mantém iluminação de natal e fim-de-ano em suspenso

Esta acção vem da empresa que ficou em segundo lugar no procedimento de ajuste directo referente ao contacto de iluminação de natal e fim-de-ano da Madeira.

CDS-PP considera inaceitável novo diferendo em tribunal sobre iluminações de natal e fim-de-ano

O partido diz que a suspensão do contrato para a instalação da iluminação de natal e fim-de-ano, na Madeira, cria problemas junto do comércio e do turismo.
Recomendadas

Cervejeira madeirense aliou-se às comemorações dos 600 anos com edição especial

Numa altura em que o principal produto comercializado pela ECM faz 50 anos de existência no mercado regional, a Coral, a empresa decidiu criar uma edição especial da cerveja.

Madeira na linha da frente do crescimento da Anturio

Após ter duplicado a faturação na Região até setembro, a empresa de informática espera um disparo de até 50% em 2019. Novos produtos, contratações e uma fusão estão a ser preparados para acompanhar o crescimento, diz o CEO da empresa ao EM.

Alojamento e restauração lideram acidentes de trabalho na Madeira

O setor representou 17,9 dos acidentes de trabalho na Madeira.
Comentários