Pedro Calado quer actuar junto da comunidade jovem para sensibilizar sobre ambiente

O governante diz ser necessário atuar junto das escolas no sentido de sensibilizar para as questões ambientais, ainda para mais num cenário de alterações climáticas.

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, quer apostar em acções de sensibilização junto do mais jovens relacionada com as acções ambientais.

O governante visitou a Extermínio, no âmbito da iniciativa Empresas com Proximidade, onde destacou a seriedade com que a empresa tem encarado as questões ambientais.

Pedro Calado considerou ser necessário “criar as bases” para interagir com mais proximidade, através de programas de sensibilização nas escolas, que alertem para o ambiente, ainda para mais num cenário de alterações climáticas.

O vice-presidente do Governo Regional sugeriu acções de conjunto, através de protocolos de sensibilização, no sentido de que as questões ambientais sejam levadas “mais a sério” no futuro, envolvendo a comunidade mais jovem.

Na visita à Extermínio, o governante lembrou que a empresa tem beneficiado da política do executivo madeirense com a instalação nos parques industriais, e ainda no acesso a fundos comunitários para funcionamento e modernização.

O governante salientou ainda que a empresa tem crescido em quota de mercado e em volume de negócios, e destacou ainda a aposta que tem sido feito em termos de formação de recursos humanos.

Ler mais
Recomendadas

Junta de Freguesia de São Gonçalo renova aposta nas bolsas escolares

A Junta de Freguesia possui 28 bolsas de estudo, que representam uma quantia de 18 mil e 200 euros anuais.

Docente da Universidade da Madeira homenageado em congresso de especialidades médicas

A homenagem é pelo contributo à Sociedade, a nível nacional e internacional.

Quem são os beneficiários da vacina contra a gripe

Algumas pessoas têm direito à vacina da gripe, disponibilizada gratuitamente no Serviço Nacional de Saúde, sem necessidade de receita médica. Para a receberem basta dirigirem-se aos centros de saúde.
Comentários