População residente diminui na Madeira em 2017 apesar de mais nascimentos

A população residente na Madeira em 2017 era de 254 mil pessoas, menos cerca de 600 pessoas do que em 2016.

Menos população, menos mortes e menos divórcios, mais nascimentos e mais casamentos foram as tendências que marcaram o ano de 2017, quando comparamos com o ano anterior. Segundo a Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM), em 2017 nasceram 1960 bebés, representando, assim, mais 102 nascimentos face ao ano anterior. Este ano também foi marcado por menos mortes, ainda que este número ultrapasse as 2 mil e 500 pessoas, morreram menos 100 pessoas do que em 2016.

A população residente na Região era de cerca de 254 mil pessoas em 2017, o que significa que são menos 508 pessoas do que em 2016. Quase todos os conselhos da Região diminuíram o número de população residente, exceptuando os conselhos de Câmara de Lobos, Ponta do Sol, Santa Cruz e Porto Santo.

O ano de 2017 contou ainda com 962 casamentos, mais 101 do que no ano anterior, e menos 96 divórcios.

Recomendadas

Exportações e importações sofrem forte abrandamento na Madeira

Em outubro as exportações subiram 26,8%, na Madeira, em contraste com os 32,8% do mês anterior. As importações cresceram 18,2%, uma taxa inferior aos 25,1% em comparação com o mês anterior.

Média de espetadores no Teatro Baltazar Dias chega aos 61%

O teatro municipal subiu a média de espectadores de 51% para os 61%, para os 46 mil espectadores, disse Paulo Cafôfo, presidente da Câmara Municipal do Funchal, durante a apresentação da revista CULTA.

Já viu uma tabela periódica humana? A Escola Jaime Moniz vai criar uma

A iniciativa insere-se na comemoração do ano internacional da tabela periódica decretado pela assembleia geral das Nações Unidas.
Comentários