População residente diminui na Madeira em 2017 apesar de mais nascimentos

A população residente na Madeira em 2017 era de 254 mil pessoas, menos cerca de 600 pessoas do que em 2016.

Menos população, menos mortes e menos divórcios, mais nascimentos e mais casamentos foram as tendências que marcaram o ano de 2017, quando comparamos com o ano anterior. Segundo a Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM), em 2017 nasceram 1960 bebés, representando, assim, mais 102 nascimentos face ao ano anterior. Este ano também foi marcado por menos mortes, ainda que este número ultrapasse as 2 mil e 500 pessoas, morreram menos 100 pessoas do que em 2016.

A população residente na Região era de cerca de 254 mil pessoas em 2017, o que significa que são menos 508 pessoas do que em 2016. Quase todos os conselhos da Região diminuíram o número de população residente, exceptuando os conselhos de Câmara de Lobos, Ponta do Sol, Santa Cruz e Porto Santo.

O ano de 2017 contou ainda com 962 casamentos, mais 101 do que no ano anterior, e menos 96 divórcios.

Recomendadas

Saiba como preencher uma queixa no livro de reclamações

Há vários meios para reclamar: o contacto direto com o vendedor/prestador de serviços, o envio de carta registada com aviso de receção ou a queixa no livro de reclamações.

Partidos da oposição na Madeira consideram níveis de pobreza na Região elevados

“A economia está a crescer, estamos a produzir mais e a criar mais riqueza, , mas, por outro lado, as desigualdades também estão a agravar-se”, afirma Rui Barreto.

Banana e pesca com quebras de produção na Madeira

Na agricultura da Madeira verificou-se ainda quebras na produção de batata e de cana-de-açúcar . Na pesca o atum e similares, caiu 9,1%, enquanto que o peixe de espada preto subiu 1,7%.
Comentários