Porco.pt: Carne de porco português com novo selo de certificação

Estudo patrocinado pela FPAS conclui de cerca de 52% dos portugueses desconhece a origem das carnes que consome. Certificação assenta na nova marca porco.pt.

Ler mais

A partir de ontem, passou a haver um novo selo e marca de certificação da carne de suíno produzida em Portugal.

A Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS) fez o lançamento oficial desta nova marca, a porco.pt, no VIII Congresso Nacional de suinicultura, que decorreu no Cartaxo e contou com a presença Luís Capoulas Santos, ministro da Agricultura.

A FPAS promoveu este evento sob o mote “Dê o porco ao manifesto – Escolha o que é nosso” e considera que a iniciativa irá elevar e diferenciar a qualidade da carne de porco portuguesa. O lançamento oficial teve lugar no VIII Congresso Nacional de Suinicultura, que decorreu no Cartaxo.

“Numa altura em que 52% da população portuguesa desconhece a origem da carne que consome, segundo um estudo de mercado promovido pela FPAS em parceira com a GFK (…), torna-se essencial o lançamento de uma marca que certifique a origem da carne portuguesa e que promova a qualidade superior da mesma”, defende um comunicado da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores.

A distinção que irá identificar o novo produto certificado lançado no mercado nacional pelos suinicultores portugueses, tem como principal objetivo diferenciar a carne de porco produzida em Portugal e surge como resposta do setor à crise vivida nos últimos dois anos.

“O produto criado e comercializado sob a nova insígnia implica o cumprimento de um rigoroso caderno de especificações, homologado pelo Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e que regula todo o processo de produção, abate, transformação, comercialização e promoção de uma carne de qualidade superior. Todo o processo é certificado por uma entidade independente de controlo e certificação, a Certios.

Recomendadas

Isenção fiscal à McDonald’s no Luxemburgo é legal, diz Bruxelas 

Após uma investigação aprofundada iniciada em dezembro de 2015 sobre isenções de imposto concedidas em 2009 a parte dos lucros da McDonald’s, a Comissão Europeia concluiu que o regime não viola o acordo sobre a dupla tributação celebrado entre o Luxemburgo e os Estados Unidos.

BCP estabelece protocolo com Jovens Agricultores para financiar a agricultura

O BCP anunciou que vai “reforçar as soluções financeiras que têm vindo a ser desenvolvidas no apoio aos agricultores, e em particular aos jovens agricultores, quer seja pelo apoio financeiro na gestão da sua actividade corrente, através do financiamento das ajudas, quer através da antecipação de incentivos do PDR 2020.

BPI em parceria com a John Deere financia mais de 11 milhões em máquinas agrícolas

A administração do BPI destacou em comunicado que ”o setor agrícola é hoje mais dinâmico e apresenta um forte pendor inovador e mais ligação às universidades e centros de produção de conhecimento, o que o torna mais produtivo e competitivo”.
Comentários