Portugal Inovação Social abre concurso para inovar e revitalizar o Pinhal Interior

Este concurso insere-se nas ações previstas no Programa de Revitalização do Pinhal Interior e tem como objetivo reforçar as ações de desenvolvimento daquele território, criando na região um programa de incentivos ao desenvolvimento de iniciativas de inovação e empreendedorismo social. O prémio será de um milhão de euros.

A Portugal Inovação Social (PIS) abriu um concurso ao abrigo do instrumento de financiamento Parcerias para o Impacto, que vai destinar 1 milhão de euros a projetos de inovação social que contribuam para a revitalização dos 19 municípios do Pinhal Interior, mais afetados pelos incêndios de 2017.

As iniciativas apresentadas em concurso, deverão propor soluções inovadoras e replicáveis, que visem a resolução e mitigação de problemas sociais nas áreas da saúde, educação, justiça, proteção social, inclusão e emprego. As candidaturas estarão abertas até 28 de fevereiro.

Para ler o artigo completo no Greensavers carregue aqui.

Relacionadas

Incêndios: quase 200 bombeiros combatem chamas na Sertã

Fogo deflagrou ao início da tarde deste domingo.

Pedrógão Grande não recebeu carrinhas prometidas para projeto do cadastro

O município de Pedrógão Grande está sem acesso às unidades móveis que tinha previsto receber no âmbito do projeto-piloto do cadastro rústico, alertou esta sexta-feira a autarquia.

Número de arguidos dos incêndios de Pedrógão Grande sobe para 16

“No âmbito do inquérito onde se investigam as circunstâncias que rodearam os incêndios de Pedrógão Grande, foram constituídos mais três arguidos. Assim, o processo tem, neste momento, 16 arguidos, todos pessoas singulares”, refere a Procuradoria da Comarca de Leiria.
Recomendadas

Quercus denuncia à UNESCO “ameaça severa” no Barroso por causa do lítio

Para a associação ambientalista, a instalação de minas de lítio a céu aberto na região é uma ameaça severa à integridade do sistema agro-silvo-pastoril da região do Barroso”.

Contra as alterações climáticas e em defesa do planeta. António Guterres é capa da “Time”

De fato e com água até aos joelhos, António Guterres é capa da revista norte-americana Time. A edição dedicada à luta contra as alterações climáticas chega às bancas na próxima semana.

Mudanças climáticas do passado são fundamentais para o futuro do planeta

As mudanças climáticas do passado são fundamentais para compreender o clima no presente e futuro próximo do nosso planeta, defendem investigadores da Universidade de Coimbra, organizadores de um encontro internacional sobre o tema.
Comentários