Portugal regista mais 623 casos e oito mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias contabilizaram mais 140 altas nas últimas 24 horas, elevando para 45.736 o número total de pessoas livres do vírus.

Graça Freitas, diretora-geral da DGS, e António Lacerda Sales, secretário de Estado da Saúde | José Sena Goulão/Lusa

Portugal conta com um total de 69.200 casos confirmados da Covid-19, mais 623 face ao dia anterior, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta segunda-feira, 21 de setembro. O número de vítimas mortais do novo coronavírus no país aumentou para 1.920, registando-se oito vítimas mortais nas últimas 24 horas.

A DGS revela que atualmente existem 24.908 casos registados no Norte (mais 113), 5.651 no Centro (mais 30), 35.443 em Lisboa e Vale do Tejo (mais 439), 1.401 no Algarve (mais nove), 252 casos na Região Autónoma dos Açores (mais nove), 205 na Região Autónoma da Madeira (mais um) e 1.340 casos no Alentejo (mais 22).

Atualmente existem 418 internados, dos quais 61 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) e 45.736 casos recuperados em Portugal, mais 140 do que os registados ontem. Quanto aos óbitos, do total das 1.920 mortes, 875 registam-se no Norte, 257 no Centro, 731 em Lisboa e Vale do Tejo, 19 no Algarve, 15 nos Açores, 23 no Alentejo. Não se regista nenhuma morte por Covid-19 na Madeira.

Atualmente existem 31.288 homens e 37.912 mulheres infetados pelo novo coronavírus. Em termos de óbitos contam-se 969 homens e 951 mulheres. Encontram-se em vigilância 40.465 pessoas, mais 1.103 do que no dia de ontem. Registam-se ainda 21.544 casos ativos, mais 475 do que o verificado ontem.

O grupo etário com o maior número de casos verifica-se entre os 30 e 39 anos, com 5.414 homens e 5.984 mulheres, num total de 11.398 casos. O maior número de óbitos regista-se acima dos 80 anos, com 563 homens e 716 mulheres, num total de 1.279 mortes.

Recomendadas

Edmundo Martinho vai liderar comissão para elaborar Estratégia Nacional de Combate à Pobreza

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e mais seis individualidades entre as quais Carlos Farinha Rodrigues, especialista em pobreza e desigualdades, integram a recém-criada comissão que irá elaborar a Estratégia Nacional de Combate à Pobreza que será apresentada pelo Governo até 15 de dezembro. Despacho que cria nova comissão foi hoje publicado em Diário da República e sinaliza que medidas terão em conta a “degradação” das condições materiais de muitos portugueses devido à pandemia.

Topo da agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

A semana será marcada pela discussão e votação na generalidade do Orçamento do Estado para 2021. Os analistas e investidores estarão ainda atentos à reunião do Banco Central Europeu e aos sinais que chegam sobre a economia, através da publicação da estimativa rápida do PIB da zona euro, do terceiro trimestre.
Vasco Cordeiro com Carlos César

Vasco Cordeiro diz que o PS teve “vitória clara e inequívoca” nos Açores

Líder do PS-Açores, que procura o terceiro mandato enquanto presidente do governo regional, defendeu que as eleições deste domingo “não foram um plebiscito ao governo regional”. E recusou-se a comentar paralelismos com o que aconteceu em 2015, quando a coligação liderada por Passos Coelho foi a mais votada, mas o seu governo acabou por ser derrubado na Assembleia da República.
Comentários