Portugueses consumiram mais gasóleo em 2017

No caso do GPL Auto, o consumo diminuiu 5,2% no quarto trimestre de 2017, em comparação com o período homólogo, de acordo com um relatório da Apetro.

Ler mais

O consumo de gasolinas em 2017 caiu em relação ao ano anterior, enquanto o de gasóleo aumentou, de acordo com dados publicados esta terça-feira, 13 de março, pela Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro). No caso da gasolina, houve uma ligeira aceleração do consumo no final do ano, mas, ainda assim, o acumulado do ano ficou abaixo do anterior.

“Ao compararmos o consumo do quarto trimestre de 2017 com o do trimestre homólogo, verifica-se uma ligeira subida de 3,8 milhares de toneladas, correspondendo a 1,5%”, explica o relatório da Apetro. “Em relação ao trimestre anterior, verificou-se uma descida de 32,2 milhares de toneladas, correspondente a menos 11,3%”, aponta.

 Fonte: Apetro

A análise aponta ainda que, em sentido contrário, o consumo acumulado de gasóleo rodoviário em 2017 está em crescimento, comparativamente com 2016.

“Ao compararmos o consumo do quarto trimestre de 2017 com o do trimestre homólogo, verifica-se uma subida de 28,0 milhares de toneladas, correspondendo a um crescimento de 2,6%”, refere. “Em relação ao trimestre anterior, verificou-se uma diminuição de 74,7 milhares de toneladas, correspondente a menos 6,3%”, acrescenta.

No caso do GPL Auto, o consumo diminuiu 0,5 milhares de toneladas quando comparado com o período homólogo, ou seja, menos 5,2%. Em relação ao trimestre anterior, verificou-se uma diminuição de 0,2 milhares de toneladas, ou seja, menos 2,7%.

 Fonte: Apetro

Relacionadas

Gás de botija ficou 12% mais caro em apenas um ano

A Apetro indica que a subida dos preços deve-se sobretudo à subida das cotações, enquanto a carga fiscal manteve-se igual no Imposto Sobre Produtos Petrolíferos e o IVA refletiu a subida de preço.

Gasolineiras do Intermarché abastecidas “em exclusivo” pela Galp e Repsol

A notícia foi hoje avançada pelo administrador do Intermarché, João Magalhães, em declarações à agência Lusa.

Gasolineiras acreditam que fatura detalhada vai pressionar Governo a baixar ISP

Presidente da Anarec diz que a faturação detalhada nos combustíveis líquidos “contribui beneficamente para o melhor esclarecimento dos consumidores relativamente à estrutura dos preços”, permitindo que estes tenham “uma melhor consciencialização sobre o peso elevadíssimo que o ISP”.
Recomendadas

Caixa lança nova aplicação de homebanking para smartphone

À data de hoje (e ainda sem qualquer comunicação), a nova APP é já a 1ª em número de downloads das APPs financeiras nas lojas Android e Apple, diz o banco em comunicado, depois de o próprio CEO do banco ter dito mesmo numa conferência em Lisboa.

PISA: Portugal vai entrar nos estudos da OCDE sobre literacia financeira

“Na economia dos dias de hoje, a literacia financeira é como saber ler ou escrever”, disse Annamaria Lusardi, presidente do International Network on Financial Education’s Research Committee, da OECD.

Farfetch: como as ações dispararam de 20 para 32 dólares em dois dias

“Estes resultados merecem uma reflexão profunda, tendo em conta que a Farfetch é, ainda, uma empresa que não regista lucro”, esclarece a corretora Activotrade em análise ao desempenho da Farfetch.
Comentários