Preços da gasolina e do gasóleo vão descer na próxima semana

O gasóleo irá cair 0,5 cêntimos, enquanto a gasolina vai descer 1,5 cêntimos, refletindo as cotações médias dos combustíveis nos mercados internacionais, de acordo com fontes do setor contactadas pelo Jornal Económico.

Na próxima semana os preços dos combustíveis vão baixar, com a gasolina a descer 1,5 cêntimos e o gasóleo 0,5 cêntimos.

A mesma tendência irá verificar-se nas marcas brancas com uma ligeira descida no gasóleo que não chega ao meio cêntimo (0,0037) e a descida de um cêntimo na gasolina.

Estes são os postos de abastecimento mais económicos do país.

Gasolina(s):

  • – Pingo Doce, Castelo Branco – Cruz de Montalvão – 1,483 euros
  • – Intermarche, Vila Real Santo António- 1,489 euros
  • – REDE ENERGIA, Monte Gordo- 1,489 euros
  • – Pingo Doce, Castelo Branco – Cruz de Montalvão  – 1,492 euros
  • – Distringandara, Supermercados Lda – 1,498 euros

Gasóleo(s):

  • -Intermarché Pombal – 1,259 euros
  • – Jumbo, Figueira da Foz – 1,259 euros
  • – Intermarché Marinha da Guia- 1,259 euros
  • -RE – GUIA Pombal – 1,259 euros
  • – E.Leclerc, Figueira da Foz – 1,2564 euros
Recomendadas

OE2019: Governo vai cobrar mais 640 milhões de euros em impostos

O Governo estima arrecadar 45.635 milhões de euros com impostos em 2019, mais 640 milhões do que estima para 2018, devido a aumentos de receita nos impostos indirectos que garantirão mais 377 milhões de euros aos cofres estatais. A receita prevista com IRS e IRC tem um menor crescimento. E o IVA vai assegurar mais 723 milhões de euros de receita.

Já tenho 48 anos. É tarde para mudar de emprego?

É inevitável a mudança dos profissionais que quiserem continuar a estar ativos, afirma Lourdes Monteiro, co-autora de Quero, Posso e Mudo de Carreira, ao Jornal Económico. Recomendação: não coloquem idade nem fotografia no currículo, na hora de se candidatarem a um novo emprego.

OE2019: Prazo de entrega do IRS alargado até Junho

Segundo o documento, , a declaração de IRS deve passar a ser “entregue, por transmissão eletrónica de dados, de 1 de abril a 30 de junho, independentemente de este dia ser útil ou não útil”. Atualmente, a declaração de IRS é entregue de 01 de abril a 31 de maio.
Comentários