Preços do gás natural descem 2,2% a partir de outubro no mercado regulado

Esta redução implica menos 21 cêntimos por mês para um casal que paga em média 11,95 euros, e 47 cêntimos mensais para um casal com dois filhos com uma fatura média mensal de 22,61 euros. O mercado regulado conta com 254 mil consumidores.

Os preços do gás natural vão descer 2,2% a partir de outubro no mercado regulado e vão vigorar durante o ano-gás 2020/2021, anunciou hoje a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

O mercado regulado conta com 254 mil consumidores, enquanto o mercado livre tem 1,26 milhões de consumidores, com os preços aqui a serem acordados com o respetivo comercializador.

“As tarifas transitórias de venda a clientes finais em baixa pressão com consumo anual inferior ou igual a 10.000 metros cúbicos (m3) , que abrange os consumidores domésticos e serviços ainda fornecidos em mercado regulado terão, a partir de 1 de outubro de 2020, uma redução média de -2,2% face a setembro de 2020”, segundo comunicado da ERSE.

O impacto na fatura média mensal de um cliente no mercado regulado para o período de 1 de
outubro de 2020 a 30 de setembro de 2021 atinge os 21 cêntimos por mês para um casal que paga em média 11,95 euros, e os 47 cêntimos para um casal com dois filhos com uma fatura média mensal de 22,61 euros.

Já os consumidores no mercado regulado e liberalizado com direito a tarifa social vão beneficiar de um desconto de 31,2%: este desconto implica uma redução do preço em 7,34 euros por mês para um casal, e de 13,93 euros por mês para um casal com dois filhos.

Recomendadas

Saiba como fazer crescer o seu dinheiro

Deve começar-se por escolher aplicações financeiras adequadas aos objetivos definidos, não assumindo riscos desconhecidos, e procurando que a rendibilidade da aplicação esteja de acordo com as expectativas.

ComparaJá.pt quer recrutar 40 pessoas até ao final do ano

Plataforma gratuita de comparação bancária e telecomunicações quer reforçar equipa em várias áreas.

Saiba como pôr toda a família a poupar

Mesmo os mais jovens devem entender os conceitos de necessidade e desejo, do essencial e do supérfluo.
Comentários