Prejuízo da Sonae Capital agrava-se para 6,31 milhões até setembro

De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), no período de referência, o nível de amortizações foi influenciado pelas aquisições no segmento Energia e Fitness no valor de 4,2 milhões de euros.

Sonae

A Sonae Capital registou até setembro um prejuízo de 6,31 milhões de euros, que compara com os 500 mil euros de perdas registadas no período homólogo, sobretudo, devido ao nível de amortizações, foi hoje comunicado ao mercado.

De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), no período de referência, o nível de amortizações foi influenciado pelas aquisições no segmento Energia e Fitness no valor de 4,2 milhões de euros.

Por sua vez, entre janeiro e setembro, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) consolidado avançou 6,3% para mais de 19 milhões de euros.

Recomendadas

Digitalização vai criar oportunidades para surgimento de novas empresas de outsourcing

O Jornal Económico foi ouvir alguns ‘players’ do mercado sobre a forma como a transformação digital está a revolucionar o outsourcing. No que respeita a Portugal, a opinião é de que revela uma crescente atratividade enquanto plataforma tecnológica para o desenvolvimento de software e novas tecnologias, consultoria, investigação e conhecimento.

PremiumBLAST PRO SERIES: Vai andar tudo aos tiros na Altice Arena

Lisboa está a ser palco, pela primeira vez, palco do circuito mundial de torneios de jogos eletrónicos, ou ‘eSports’. Uma indústria em crescimento vertiginoso em todo o mundo, que movimenta milhões em dinheiro, em praticantes, em audiências televisivas e em contratos de patrocínios.

Venezuela: Último jornal impresso crítico do governo deixa formato papel

O secretário-geral do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Imprensa diz que este é um produto do desrespeito pelo pensamento crítico e diferente.
Comentários