Presidente marca eleições legislativas para 6 de outubro

As eleições para a Assembleia Regional da Madeira realizam-se duas semanas antes, a 22 de setembro.

José Sena Goulão/Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou esta sexta-feira que as eleições legislativas de 2019 serão a 6 de outubro e que as eleições para a Assembleia Regional da Madeira se realizam duas semanas antes, a 22 de setembro. Numa nota divulgada no site oficial da Presidência da República, o chefe de Estado português refere que “na sequência da audição dos partidos políticos representados na Assembleia da República, o Presidente da República definiu o dia 6 de outubro de 2019 para a realização das Eleições Legislativas”.

“Depois de ter também ouvido os partidos políticos representados na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, o Presidente da República escolheu o dia 22 de setembro de 2019 para a realização das Eleições Legislativas Regionais. Como já se sabe, as Eleições para o Parlamento Europeu terão lugar a 26 de maio de 2019. Os Decretos presidenciais fixando as datas destas eleições serão publicados oportunamente no ano que vem”, explica o Presidente da República.

O Presidente da República, a quem compete definir a data das eleições de acordo com a Constituição, antecipou-se em relação às suas próprias previsões. No final de julho, Marcelo Rebelo de Sousa tinha dito que queria ouvir os partidos políticos com assento parlamentar sobre a data das idas às urnas só no início do próximo ano. “Não é ainda o tempo. Darei no começo do ano que vem, para ouvi-los sobre a data das eleições para a Assembleia da República (…). Fica para o primeiro trimestre do ano que vem”, afirmou o chefe de Estado à sessão solene na Reitoria da Universidade de Lisboa.

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/sondagens-a-um-ano-das-legislativas-exemplos-de-mudanca-e-de-estabilidade-363420

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/orcamento-eleitoralista-a-tentacao-a-que-costa-vai-tentar-resistir-2-362435

Recomendadas

Marques Mendes diz que a retirada de comendas a Berardo abre um precedente para outros, como Sócrates

Marques Mendes apresentou ainda um cálculo dos impostos pagos pelos vários países da União Europeia. Ora Portugal paga 22% acima da média europeia e está em sexto lugar nos países com maior esforço fiscal. “Com o nosso nível de vida devíamos pagar menos impostos”, disse.

Europeias: Pedro Marques diz que PS terá eurodeputado dos Açores e isso “faz a diferença”

Para Pedro Marques, é “muito difícil de explicar” a posição do PSD, mas o PS, por Bradford, um “profundo conhecedor da região”, “tem em conta as regiões ultraperiféricas” e os Açores em concreto.

Marisa Matias diz que Bruxelas “está a preparar um assalto às pensões”

A eurodeputada acusa Bruxelas qde querer reduzir a Segurança Social “a um sistema de esmolas para pobres, empurrando quem pode para produtos privados e quem não pode para a miséria”.
Comentários