Produção na construção abrandou para 3,1% em dezembro

Emprego no setor da construção aumentou 2,0%. A remuneração por pessoa ao serviço também aumentou para 1,7%.

O índice de produção na construção registou uma taxa de variação homóloga de 3,1% no mês de dezembro, em comparação com um aumento de 3,9% em novembro. O valor de dezembro traduz-se em um abrandamento de 0,8 pontos percentuais (p.p.), comparativamente ao mês de novembro.

Os segmentos de construção de edifícios e engenharia civil registaram abrandamentos, respetivamente, de 0,7 p.p. e 0,9 p.p., para taxas de variação homólogcoba de 3,5% e 2,5% pela mesma ordem.

O índice de emprego no setor da construção aumentou, em termos homólogos, 2,0% (2,3% em novembro). Comparativamente com novembro, o índice de emprego apresentou uma taxa de variação de -0,7% (uma variação de -0,5% em dezembro de 2017).

Em dezembro de 2018, o índice das remunerações efetivamente pagas registou uma taxa de variação homóloga de 4,8%, tendo a de novembro sido de 4,2%. Quando comparado com o mês anterior, o índice das remunerações cresceu 1,8% (1,2% no mesmo mês do ano anterior).

Em termos de média anual, a produção, o emprego e as remunerações aumentaram, respetivamente, 3,4%, 2,3% e 4,0% em 2018 (1,9%, 1,8%, e 1,6% no período homólogo).

A remuneração por pessoa ao serviço aumentou 1,7% em 2018 (-0,2% em 2017).

Ler mais
Recomendadas

Empresa de engenharia Quadrante entra na África do Sul

A Quadrante vai desenvolver o projeto de estruturas do futuro ‘Centro Comercial Fourways Mall’, em Joanesburgo, uma obra que será realizada em parceria com a Mota – Engil.

Congresso tenta chegar a acordo com Trump sobre o muro com o México para evitar novo shutdown

A recusa do Congresso em dar o dinheiro para a construção do muro na fronteira com o México originou o shutdown mais longo da história, que durou 35 dias e afetou 800 mil empregados públicos, superando o custo do muro.

Obras públicas: AICCOPN revela “quedas significativas” em 2018

A entidade indicou que no ano passado “o volume total de concursos de empreitadas de obras públicas promovido, ou seja, objeto de anúncio em Diário da República, foi de 2.633 milhões de euros, menos 11% do que o apurado em 2017”.
Comentários