PSD questiona necessidade de criar uma Polícia Municipal no Funchal

Os sociais democratas questionam se esta não será mais uma maneira de sobrecarregar os munícipes com multas e taxas. O PSD defende que existem necessidades mais urgentes que precisam de ser resolvidas no município.

O PSD expressou apreensão perante a criação de uma Polícia Municipal no Funchal e questiona qual é a necessidade de se ter uma força de segurança deste género no Município. Os sociais democratas indagam se esta não será mais uma forma da Autarquia sobrecarregar os seus munícipes com mais multas e coimas.

“O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, começou por secundarizar o papel da Polícia de Segurança Pública (PSP), relegando esta instituição para as funções de segurança apenas, sabendo que as funções de fiscalização, de controlo e de acompanhamento seriam realizadas pela Polícia Municipal”, afirmou Jorge Vale Fernandes, vereador do PSD na autarquia do Funchal.

O social democrata diz que existem “necessidades mais urgentes” que necessitam de ser resolvidas no município que vão para além da Polícia Municipal.

Os custos da Polícia Municipal são outra preocupação levantada pelo social democrata.

“Só as instalações de uma Polícia Municipal custarão pelo menos 1 Milhão de Euros. A estes custos acrescerão, no futuro, outros de manutenção, de operação e de pagamento de salários”, alertou.

Jorge Vale Fernandes quer também saber o que será feito com os funcionários do Município que já realizavam funções de fiscalização. Os sociais democratas expressam cautela perante a criação da Polícia Municipal e dizem que já solicitaram os estudos que foram realizados pela Autarquia mas que até ao momento não foram disponibilizados.

Ler mais
Recomendadas

“A política de Costa com a Madeira está a dar trunfos ao PSD”, defende Alberto João Jardim

O antigo presidente do Governo Regional diz que têm sido trunfos indiscutíveis em que a opinião pública percebe tudo.

Madeira pede alteração da lei das finanças locais para receber totalidade dos impostos da região

A Madeira considera inadmissível a ingerência do Governo da República nos orçamentos da região.

Funchal abre candidaturas para atribuição de 100 hortas municipais

A autarquia do Funchal atribuiu 29 hortas municipais decorrentes do processo de actualização desencadeado pelos serviços camarários.
Comentários