PSI 20 arranca pessimista e acompanha Europa

A negociar com ganhos, em contraciclo, estão a Ibersol, que lidera com uma valorização de 1,84%, para 11,0500 euros, e a NOS, que abriu a subir 0,25%, para 4,7260 euros.

A bolsa portuguesa abriu sessão esta quinta-feira, dia 14 de junho, a negociar em terreno negativo, partilhando o sentimento pessimista das praças europeias. O principal índice português, PSI 20, arrancou com uma perda de 0,32%, para 5.665,55 pontos.

A ‘vermelho’ estão a EDP – Energias de Portugal (-0,35%), a Galp Energia (-0,15%), a Sonae (-1,32%), a Jerónimo Martins (.0,07%), o BCP (-0,29%, para 0,2732 euros), a Altri (-1,70%), a Mota-Engil (-0,15%), bem como os CTT – Correios de Portugal (-0,97%).

A negociar com ganhos, em contraciclo, estão a Ibersol, que lidera com uma valorização de 1,84%, para 11,0500 euros, e a NOS, que abriu a subir 0,25%, para 4,7260 euros.

Nas principais praças europeias, o índice alemão DAX perdeu 0,62%, o britânico FTSE 100 registou uma variação negativa de 0,59%, o francês CAC 40 quebrou 0,49%, o italiano FTSE MIB recuou 0,46%, o espanhol IBEX 35 desvalorizou 0,23% e o holandês AEX caiu 0,52%.

No mercado petrolífero, o Brent perde 0,46%, para os 76,39 dólares por barril, e o crude WTI desvaloriza 0,03%, para os 66,62 dólares. Quanto ao mercado cambial, o euro soma 0,20%, para 1,1814 dólares, e a libra avança 0,16%, para 1,3397 dólares.