PSI 20 cresce em linha com Europa, com BCP e Galp a impulsionarem ganhos

A bolsa de Lisboa abriu a sessão desta terça-feira em alta, valorizando 0,65%, para 5.123,92 pontos.

O principal índice bolsista português, PSI 20, abriu a sessão desta terça-feira em alta, valorizando 0,65%, para 5.123,92 pontos, em linhas com as principais praças europeias.

Em Lisboa, os ganhos do BCP e da Galp Energia impulsionam o PSI 20, quando após o início de sessão 13 empresas cotadas negociavam no verde, duas registavam perdas e outras duas seguiam ‘flat’.

O banco liderado por Miguel Maya, que tem um peso no PSI 20 de quase 20%, soma 0,95%, para 0,23 euros.

E a Galp Energia cresce 1,36%, para 13,77 euros, um dia após ter sido anunciado que a empresa liderada por Carlos Gomes da Silva terá um novo poço de petróleo este ano – e outro em São Tomé e Príncipe em 2020.

A petrolífera nacional ainda estará a beneficiar dos resultados apresentados na segunda-feira, referentes ao ano de 2018.

Entre as principais congéneres europeias, o sentimento é de otimismo, quando os investidores estão atentos à última ronda de negociações entre Estados Unidos e China para terminar com o clima de tensão entre os dois Estados e, assim, nascer um acordo comercial.

[Dados das 08h05]

 

 

Ler mais
Relacionadas

Galp lidera subida da Bolsa de Lisboa. Europa fecha no verde

Sessão de otimismo na negociação europeia. O PSI 20 fechou em alta muito ligeira (0,014%) nos 5.091,75 pontos, abaixo da performance europeia, com a subida das ações da Galp (+1,46% para 13,58 euros).

Galp com novo poço de petróleo em Angola este ano e avança em São Tomé em 2020

A companhia tem vários novos projetos em Angola, Brasil, Moçambique e São Tomé e Princípe. A Galp prevê investir mil milhões por ano em 2019 e 2020, e espera obter um EBITDA entre 2.100 milhões e 2.200 milhões este ano.

Galp propõe aumento do dividendo em 15% para 63 cêntimos

Os acionistas da companhia voltam assim a ver a sua remuneração subir, depois do aumento de 10% para 55 cêntimos por ação anunciado no ano passado.

Lucros da Galp sobem 23% para 707 milhões de euros em 2018

A companhia aumentou os lucros em 2018 à boleia do aumento da produção de petróleo e de gás natural no Brasil e também em Angola, e também pela subida dos preços nos mercados internacionais.
Recomendadas

Euronext: “Este modelo de supervisão prejudica o mercado de capitais”

A presidente da Bolsa, Isabel Ucha, diz que proposta do Governo para a reforma da supervisão financeira duplica as entidades e torna Portugal no único país com tal complexidade e custos.

Tecnologia tornou trading mais acessível aos investidores

A transformação digital, no que diz respeito ao acesso à tecnologia por parte do utilizador e à inovação das próprias plataformas, tem permitido uma maior caracterização do ativo que se está a comprar.

Arábia Saudita considera que petróleo deve ser “bem equilibrado” este ano

O assessor do ministro da Energia da Arábia Saudita, Ibrahim al-Muhanna, afirmou esta sexta-feira que é possível que os cortes na produção de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) venham a estender-se até ao final do ano.
Comentários