PSI20 em alta a contrariar bolsas europeias

Apesar das desvalorizações dos ‘pesos-pesados’ EDP, NOS e CTT, a praça lisboeta encerrou em alta, contrariando as restantes bolsas europeias.

Benoit Tessier / Reuters

A bolsa nacional encerrou a sessão em alta a contrariar a tendência europeia. No fecho o PSI20 ganhou 0,22% para 5.152,96 pontos, com o BCP e a Sonae Capital a liderarem as valorizações.

O BCP subiu 1,07%, encerrando a sessão com os títulos nos 0,23 euros e a Sonae Capital valorizou 1,01% para 0,89 euros. A retalhista Jerónimo Martins marcou presença, terminando com uma variação positiva de 0,21% para 17,09 euros.

A Galp mantém-se em alta, com as preocupações relacionadas com o excesso de oferta do petróleo a diminuírem, valorizando quase meio por cento (0,42% para 13,2 euros).

Entre as cotadas que desvalorizaram, destaque para a Altri que tombou 2,02% para os 4,03 euros. Também o Montepio caiu 2,27% para 0,47 euros.
Os ‘pesos-pesados’ EDP, NOS e CTT terminaram a sessão com perdas, mas sem consequências negativas na performance do índice.

Recomendadas

Sinal misto em Wall Street com o Nasdaq a estragar o ramalhete

A banca dominou Wall Street. No Dow Jones, o setor financeiro liderou os avanços: JPMorgan (+ 2,9%); Goldman Sachs (+ 2,92%); o Citigroup valorizou 3,31%, e o Bank of America que ganhou 2,58%.

Farfetch aumenta preço da entrada em bolsa para até 19 dólares por ação

Depois de o interesse dos investidores em ações tecnológicas, a Farfetch aumentou o preço das ações em cerca de dois dólares para, entre os 17 e os 19 dólares, avaliando a empresa entre 4,9 e 5,5 mil milhões de dólares.

BCP brilha na bolsa de Lisboa, que acompanha otimismo europeu

As bolsas europeias fecharam em alta puxada por quatro motores: Banca, automóveis, recursos naturais e o setor químico. O BCP lidera subidas do PSI 20.
Comentários