PSP reforça segurança na Web Summit. Veja as ruas que vão estar cortadas ao trânsito

A PSP afirma que, “apesar de não ter existido um aumento do nível do grau de ameaça para a edição deste ano, relativamente à de 2017”, serão tomadas “medidas de segurança adicionais”.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou esta sexta-feira que irá adotar medidas de segurança adicionais e cortar vias à circulação automóvel a partir de domingo no Parque das Nações, em Lisboa, devido à realização da ‘Web Summit’ 2018 na próxima semana.

Em comunicado, a PSP destacou que, “apesar de não ter existido um aumento do nível do grau de ameaça para a edição deste ano, relativamente à de 2017”, serão tomadas “medidas de segurança adicionais” centradas “na prevenção e proatividade”, com a delimitação de perímetros e no controle de visitantes nas entradas, que passam pela utilização de detetores de metais e aparelhos de Raio-X.

A ‘Web Summit’ 2018, considerada o maior evento de inovação de ‘Startups’ e empreendedorismo tecnológico do mundo, decorre de segunda a quinta-feira da próxima semana no Altice Arena e Pavilhões da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.

A PSP aconselhou os participantes a adquirir bilhetes apenas nas plataformas oficiais do evento, a utilizar transportes públicos para aceder ao local, estacionar em locais apropriados, a terem cuidado com o transporte de objetos de valor e a respeitar as indicações das autoridades.

A partir de domingo e até ao final do evento estão previstos condicionamentos à circulação automóvel em toda a zona envolvente do Parque das Nações, sob vigilância policial.

A Alameda dos Oceanos, no sentido norte-sul, entre a Rotunda dos Vice-Reis e a Avenida do Índico, estará circulável, mas a circulação estará interrompida na Alameda dos Oceanos junto à FIL, entre o Pavilhão de Portugal e a rotunda dos Vice-Reis (sentido sul-norte).

Estará também cortada a Rua do Bojador, no troço entre o Altice Arena e a Feira Internacional de Lisboa (troço nascente-poente) e a Avenida do Atlântico, entre a Feira Internacional de Lisboa e a Praça Sony.

Estarão condicionadas a Rua do Bojador entre a Avenida da Boa Esperança e o Altice Arena e a Avenida da Boa Esperança entre a Rotunda dos Vice-reis e o Hotel Myriad.

A PSP alertou ainda para eventos periféricos ligados à ‘Web Summit’, que podem provocar congestionamento de trânsito, nas zonas do Bairro Alto, Cais do Sodré e zona circundante do Lx Factory.

De acordo com esta autoridade, é esperado que o evento receba 70.000 visitantes, mais de 1.200 oradores e um número elevado de presidentes executivos (CEO´s) de empresas a nível mundial.

Na segurança do evento colaboram polícias do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade (incluindo Equipas de Turismo), Equipas de Trânsito, Brigadas de Prevenção Criminal, Equipas de Intervenção Rápida, Equipas de Prevenção e Reação Imediata, Unidade Especial de Polícia, contando igualmente com a colaboração da Polícia Municipal de Lisboa, salientou o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Ler mais
Recomendadas

Metro transportou mais de 4,6 milhões de passageiros durante a Web Summit

O valor total de passageiros transportados, durante o evento, representa “um acréscimo de 3,61% face ao movimento da Web Summit 2017, em que se registou um total de 4.442.000 de passageiros”

Fundador da Taxify ouviu ideias de empreendedores no banco de trás

A Breadfast, startup de distribuição de pequenos-almoços ao domicílio, foi a escolhida para vencedora do Taxify Backseat Pitch por Markus Villig.

Ingleses e franceses foram quem mais utilizou o Multibanco durante a Web Summit

Do número de total de gastos feitos durante os dias da cimeira tecnológica, 48,5% foi apenas em restauração e supermercados. As operações (compras e levantamentos) aumentaram 20,5% em termos homólogos.
Comentários