PTP entrega requerimento para debate sobre apascentação de gado no Parque Ecológico do Funchal

A autarquia tinha decido permitir durante três meses o Pastoreio no Parque Ecológico, uma decisão que levou a que a Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal colocasse uma providência cautelar no Tribunal Administrativo do Funchal que visava a suspensão imediata desta decisão.

O PTP entregou um requerimento para a realização de um debate sobre a apascentação de gado no Parque Ecológico do Funchal, para ser realizado na Assembleia Municipal.

Sobre a apascentação de gado no Parque Ecológico do Funchal, em dezembro, a autarquia tinha decido permitir durante três meses o pastoreio no Parque Ecológico, como tinha sido noticiado pela RTP Madeira.

Contudo passados poucos dias o diretor do Departamento de Ciências e Recursos Naturais da Câmara Municipal, José Carlos Marques, disse que os pastores tinham encontrar uma quinta mais próxima, que tinha sido vedada recentemente pela Fundação Social-Democrata, que “lhes terá dito que voltaria a abrir as portas para receber o gado e por já não seria necessário” terem que subir até ao Parque Ecológico do Funchal.

O mesmo responsável recusou a ideia de recuo do município perante uma providência cautelar entregue pela Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal (AAPEF), na altura, entregou no Tribunal Administrativo do Funchal (TAF) que visava a suspensão imediata da decisão da Câmara Municipal.

Recomendadas

PSD desafia Costa a utilizar remodelação para dar celeridade a dossiers relacionadas com a Madeira

A remodelação governativa no governo central deve ser utilizada pelo primeiro-ministro para fazer um ponto de situação sobre os assuntos pendentes com a Madeira em vez de adia-los ou usa-los como arma de arremesso política, diz o PSD Madeira.

PTP discorda de Projeto de Requalificação Urbana de São Vicente

Quintino Costa considera que a Madeira tem de apostar em lares de idosos, visto que diz ter uma população envelhecida, e não “em obras para o mar levar”.

SEF inspeciona 16 unidades hoteleiras na Madeira

As 16 unidades inspecionadas foram nos concelhos de Câmara de Lobos, Calheta e Machico.
Comentários