Qualifica IT vai reconverter mais 75 licenciados desempregados

Arrancam na próxima semana as inscrições para a 2.ª edição do programa Qualifica IT, que tem como objetivo formar e facilitar a entrada de licenciados desempregados no mercado de trabalho.

Rafael Marchante/Reuters

Resultante de uma parceria entre a InvestBraga, a Universidade do Minho e o Instituto do Emprego e Formação Profissional- IEFP, a 1.ª edição do Qualifica IT garantiu uma taxa de 65% de empregabilidade, entre os participantes que terminaram a formação.

“O Qualifica IT tem como objetivo dotar licenciados desempregados das competências adequadas às necessidades das empresas da área de desenvolvimento de software, favorecendo a entrada no mercado de trabalho qualificado nas empresas tecnológicas, existentes na região”, explica Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, em comunicado.

Ao programa juntam-se mais de 20 empresas presentes na região, entre as quais se destacam a Accenture, a Bosch Car Multimédia, o grupo dst e a Primavera BSS, onde os formandos farão o estágio final de formação.

Durante a próxima semana a InvestBraga, a UMinho e o IEFP irão realizar sessões de apresentação do programa Qualifica IT e sobre as condições para as candidaturas, aos desempregados licenciados inscritos nos centros de emprego que cumprem os requisitos de acesso. Estas sessões vão decorrer em Guimarães (dia 3), em Barcelos (dia 4), Famalicão (no dia 5) e em Braga, dia 7.

Recomendadas

Bruxelas anuncia novo mecanismo de apoio a startups e PME do mar

Apesar de não querer “falar muito sobre” sobre este mecanismo, o comissário europeu adiantou que a ferramenta de assistência técnica estará operacional ainda antes do verão.

Programa premeia investigadores e startups com ideias nas neurociências

A multinacional suíça Roche Portugal, com o apoio da embaixada, convida à apresentação e submissão de ideias e projetos científicos ou tecnológicos.

Acelerador da economia do mar recebeu 87 inscrições de 29 países

Depois de encerradas as inscrições para o ‘Bluetech Accelerator Ports & Shipping 4.0’, Portugal e os Estados Unidos são os países mais representados, com 13 ‘startups’ cada.
Comentários