Queniano Eliud Kipchoge bate em Berlim recorde mundial da maratona

Kipchoge, campeão olímpico da maratona e vencedor na capital alemã em 2015 e 2017, bateu o recorde que pertencia ao seu compatriota Dennis Kimetto.

O queniano Eliud Kipchoge bateu hoje o recorde mundial da maratona, ao correr a distância em Berlim em 02.01.40 horas.

Kipchoge, campeão olímpico da maratona e vencedor na capital alemã em 2015 e 2017, bateu o recorde que pertencia ao seu compatriota Dennis Kimetto (02:02.57), que tinha sido alcançado também em Berlim, em 2014, retirando-lhe o tempo de 01.17 minutos.

O novo recordista mundial, que já correu nove maratonas abaixo de 2:06 horas, tinha como recorde pessoal 2:03.05 (Londres, em 2016), e chegava a Berlim exatamente com o objetivo de alcançar um novo recorde mundial.

Recomendadas
Liga dos Campeões: FC Porto ainda não jogou e já ganhou mais 20 milhões do que na última época
A equipa portuguesa começa esta noite a sua prestação na prova milionária frente aos alemães do Schalke 04. No ano passado a chegada aos oitavos-de-final rendeu 23,7 milhões de euros. Este ano só pela entrada na fase de grupos os ‘dragões’ receberam 42,5 milhões.
Eleven Sports: “Acordos? É uma questão de quando irão acontecer e não se irão acontecer”
Com o início de mais uma temporada da Liga dos Campeões o vice-presidente não executivo da operadora televisiva Eleven Sports, mostra-se optimista em relação aos acordos a estabelecer com as restantes operadoras.
Sporting: “Não podemos desistir da ‘guerra’ jurídica”, garante Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho consideram-se “juridicamente vinculados a impugnar todos os actos que decorram ou sejam tomados na sequência das ilegalidades cometidas”.
Comentários