Raríssimas: “Há uma falha aqui, que é dos denunciadores à TVI”, defende deputado socialista

João Galamba comentou a polémica em torno da Raríssimas num programa da TSF e questionou o comportamento do tesoureiro que fez a denúncia.

João Galamba, deputado do Partido Socialista, comentou na edição desta semana do programa “Sem Moderação”, emitido no Canal Q e na rádio TSF, a polémica em torno da Raríssimas e, no que diz respeito a responsabilidades ao nível da fiscalização, fez considerações sobre que devia ter denunciado a situação das contas da associação.

“Há uma falha aqui, que é dos denunciadores à TVI”, começou por referir o deputado, esclarecendo que o dever do tesoureiro “tendo essa informação, deveria ter sido o de sinalizar nas contas da instituição e os órgãos internos da Raríssimas, porque esses sim é que têm o dever de fiscalização do normal funcionamento do dia a dia da instituição.

O deputado socialista referiu que nas contas que chegaram à Assembleia Geral, “sem qualquer sinalização do tesoureiro, não há nenhuma referência a gestão danosa, a faturas de gambas, de vestidos de alta costura, ou o que seja, nas contas”.

João Galamba frisou ainda que lhe fez confusão que “pessoas que não alertaram em 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016, são as mesmas que já tendo essa informação, escolhem alertar um canal de televisão para o fazer quando já lá não estão. O comportamento do tesoureiro que forneceu essa informação à TVI é que tem de ser investigado”.

Relacionadas

“Mantenho total confiança no ministro”. Costa segura Vieira da Silva

Primeiro-ministro comentou hoje, e pela primeira vez, a polémica em torno da associação Raríssimas para indicar que mantém a confiança total no ministro Vieira da Silva.

Raríssimas: Ex-presidente continua na associação, agora como diretora-geral

A SIC avança que Paula Brito e Costa mantém-se a exercer funções na Raríssimas e identifica-se como diretora-geral.

Raríssimas: Vieira da Silva ouvido no Parlamento na segunda-feira

Os deputados vão ouvir o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social esta segunda-feira às 15h30 sobre o caso da associação Raríssimas.

Raríssimas: Marcelo admite ter recebido carta, mas sem “nada de específico”

O Presidente da República admitiu hoje ter recebido, no Palácio de Belém, uma carta sobre a situação na associação Raríssimas, dias antes da reportagem da TVI, mas “não tinha nada de específico”.

Respostas Rápidas: O que liga Vieira da Silva ao caso Raríssimas

A polémica em torno do caso da associação Raríssimas continua a arrastar-se, com o ministro Vieira da Silva no centro das atenções.

Raríssimas: Paula Brito e Costa já apresentou demissão

A associação vai realizar a uma nova assembleia geral “nos primeiros dias de janeiro” para designar os novos membros.
Recomendadas

5G: Começou hoje a segunda fase da migração das frequências da TDT

A segunda fase da alteração da rede de emissores da televisão digital terrestre (TDT) arrancou esta segunda-feira, 24 de fevereiro, em Vila Nova de São Bento, no concelho de Serpa, um passo essencial para a implementação da quinta geração móvel (5G).

EUA: coronavírus não prejudica, por enquanto, a ‘phase 1’ do acordo comercial com a China

O secretário do tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, reconhece que o coronavírus pode atrasar o início das negociações sobre o aprofundamento do acordo comercial com Pequim, mas garantiu não estar preocupado com esse cenário.
catarina_martins_bloco_esquerda_legislativas_1

BE quer subsídio de alimentação da Função Pública como referência para o setor privado

A medida consta de um projeto de lei apresentado pelos bloquistas, que visa que o subsídio diário de alimentação dos trabalhadores do setor privado não seja inferior ao que definido para os trabalhadores da Administração Pública.
Comentários