Reabilitação urbana regista um crescimento de 24,1%

Além do aumento da atividade do segmento da Reabilitação Urbana, a evolução da carteira de encomendas apresentou em junho, um crescimento de 46,8%, em termos homólogos trimestrais.

Segundo o Barómetro da Reabilitação Urbana da AICCOPN – Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas, relativamente ao mês de junho, verificou-se um aumento do nível de atividade de 24,1%, em termos homólogos trimestrais.

Por sua vez, o indicador que mede a evolução da Carteira de Encomendas volta a apresentar um crescimento bastante significativo no período em análise, com uma variação de 46,8%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Relativamente à Produção Contratada em meses, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, fixou-se em 7,4 meses, o que, não obstante representar uma queda face ao mês anterior, traduz um aumento de 17,1%, em termos homólogos.

Recomendadas

Preços da habitação aumentam 11,2% no segundo trimestre

Apesar da subida, os dados do INE revelaram uma interrupção da aceleração dos preços, que tinha sido consecutiva durante os cinco trimestres anteriores.

Governo desconhece quanto custam as medidas fiscais para o arrendamento, diz Helena Roseta

“A Assembleia da República não sabe a data dos contratos, se são de agora ou de há 10 anos, nem quanta receita se deixa de ter”, referiu a deputada Helena Roseta, durante uma conferência sobre o imobiliário em Portugal realizada esta quarta-feira.

Está a pensar vender a sua casa? Estes extras podem ajudar na valorização

Estar atento às últimas tendências do mercado imobiliário pode fazer a diferença na rapidez ou demora para encontrar um comprador para a sua habitação (até porque nem sempre o orçamento para realizar obras está disponível).
Comentários