Rede 4G chega à Ilha do Sal

O estabelecimento da rede móvel de quarta geração nesta ilha cabo-verdiana surge num momento em que acontecem os Jogos Africanos de Praia no país. O projeto teve as mãos das operadoras CV Móvel e Unitel T+.

A ilha do Sal, em Cabo Verde, tem, desde quarta-feira, à rede móvel de quarta geração (4G), numa experiência acionada pelas operadoras CV Móvel e Unitel T+.

O estabelecimento da rede 4G na ilha do Sal acontece num momento em que acontecem os Jogos Africanos de Praia. A realização desta competição desportiva tornou a ilha mais turística, pois participam 1000 atletas oriundos de 54 países.

A CVMóvel, patrocinadora oficial dos Jogos Africanos de Praia 2019, foi a “primeira operadora nacional” a ativar a rede 4G, um projeco-piloto autorizado pela Agência Reguladora Multisectorial da Economia (ARME) até 30 de junho, na ilha do Sal.

Segundo um documento a que a agência noticiosa “Inforpress” teve acesso, a CVMóvel foi a vencedora do concurso realizado recentemente pela ARME para atribuição de três licenças de quarta geração.

Por seu lado, a operadora Unitel T+, que também fez chegar 4G ao Sal, promoveu um passeio no Veleiro Áries, com partida do Pontão na Cidade de Santa Maria, seguido de um cocktail, para marcar o acontecimento.

Sob a égide da Associação de Comité Olímpicos Nacionais Africanos, os Jogos Africanos de Praia Sal 2019, contemplam 11 modalidades ligadas ao mar, nomeadamente atletismo, basquetebol 3×3, andebol de praia, ténis de praia, futebol de praia, remo no mar, futebol freestyle, karaté kata, kitesurf, e natação em águas abertas.

Estima-se que estarão em Cabo Verde cerca de duas mil pessoas ligadas aos jogos, entre atletas, dirigentes, desportivos e respectivas comitivas, bem como jornalistas de vários países do mundo.

Ler mais
Recomendadas

Empresários e contabilistas destacam oportunidade da Grande Baía para Macau e Portugal

Maria da Assunção Abdula, presidente da Federação das Mulheres Empresárias e Empreendedoras da CPLP, apelou à união entre empresários dos países de língua portuguesa. Maria Carolina Lousinha, da Aicep, diz que a agência está disponível para ajudar na internacionalização para Macau.

Decore esta data. UNESCO decreta o Dia Mundial da Língua Portuguesa

“É a primeira vez que a UNESCO toma uma decisão destas em relação a uma língua que não é uma das línguas oficiais da UNESCO. Por unanimidade, as pessoas reverem-se na ideia de que é importante um dia mundial da língua portuguesa é muito importante”, afirmou António Sampaio da Nóvoa em declarações à agência Lusa.

Cabo Verde receberá em março Encontro Internacional da Juventude Africana

O chefe de Estado cabo-verdiano fez o anúncio da realização deste encontro durante o discurso de abertura do I Fórum Nacional da Juventude, que decorre até sábado na ilha de São Vicente, numa parceria do Governo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).
Comentários