Regiões ultraperiféricas beneficiam de aumento do cofinanciamento para programas de cooperação territorial

A taxa de cofinanciamento pode aumentar para programa de cooperação dentro da Macaronésia, em áreas como a competitividade, internacionalização, e desenvolvimento sustentável, sendo que o valor de financiamento pode chegar aos 100%.

As regiões ultrapariféricas vão beneficiar de uma taxa de cofinanciamento de 80%, aos invés dos 70%, propostos pela Comissão Europeia, ao abrigo do Programa de Cooperação Territorial Europeia (INTERREG).

A proposta prevê ainda que a taxa de cofinanciamento para as RUP possa aumentar, para programas de cooperação dentro da Macaronésia, onde se inclui a Madeira, em áreas como a inovação competitividade, internacionalização e desenvolvimento sustentável, o valor do financiamento pode chegar até aos 100%.

Vai também seguir para plenário uma proposta que aumenta os recursos do INTERREG de 8,5 mil milhões de euros para 11 mil milhões de euros.

“Esta é uma vitória da Ultraperiferia no Parlamento Europeu. Não é uma vitória partidária do partido X ou Y. Saem beneficiadas as pessoas, cidadãos europeus que com estas medidas têm acesso e vêem crescer projetos de desenvolvimento nas suas Ilhas, Regiões”, sublinhou Cláudia Monteiro de Aguiar, eurodeputada do PSD.

Recomendadas

Pedro Calado assegura que exploração dos portos está a ser revista e mostra abertura para entrada de outros operadores

O governante abordou ainda a situação dos estivadores dizendo que os estivadores “não é um problema” da Região, mas algo que iniciou no Porto de Setúbal.

Porto Santo recebe testes para instalação de contadores inteligentes

Os testes vão decorrer até ao final da semana, havendo a expetativas destes contadores serem instalados no início de 2019.

Verbas para promoção da Madeira chegam aos 7,2 milhões de euros

Na sessão plenária de abertura da discussão do Orçamento Regional, Pedro Calado, vice-presidente do Governo Regional, afirmou o turismo como sendo uma das áreas estratégicas para o executivo madeirense.
Comentários