Reino Unido admite período de transição mais longo após-Brexit

“Uma ideia que surgiu – e neste momento é uma ideia – foi criar uma opção para estender o período de implementação por alguns meses. Seria apenas uma questão de uns meses”, afirmou a governante aos jornalistas presentes na cimeira de líderes europeus, que está a decorrer em Bruxelas.

Reuters

O governo britânico considerou esta quinta-feira negociar a extensão do período de transição depois de o Reino Unido sair da União Europeia. O casamento entre Londres e o bloco europeu termina em maio do próximo ano, mas os planos entre as partes estipulam uma fase transitória até 2020.

Ainda que o Reino Unido não pretenda utilizar esse tempo extra, Theresa May confessou esta manhã que 2021 seria a data desejável, de acordo com a informação que foi sendo veiculada pela imprensa internacional ao longo da manhã.

“Uma ideia que surgiu – e neste momento é uma ideia – foi criar uma opção para estender o período de implementação por alguns meses. Seria apenas uma questão de uns meses”, afirmou a governante aos jornalistas presentes na cimeira de líderes europeus, que está a decorrer em Bruxelas.

Contudo, o objetivo da primeira ministra britânica é que esse mecanismo – que faria com que as empresas do Reino Unido, após o Brexit, ainda se pudessem adaptar à saída até 2021 – não tenha “que ser usado”. “Estou certa de que espero que o período de implementação termine no final de dezembro de 2020”, sublinhou.

Já o ministro britânico David Lidington disse que ainda era muito cedo para estimar o custo de prorrogar o período de transição do Brexit, depois de o executivo ter indicado que estaria a considerar pedir a suspensão do impasse nas negociações com a comunidade única.

Recomendadas

Sucessora de Angela Merkel ‘implora’ aos britânicos que permaneçam na União Europeia

Annegret Kramp-Karrenbauer, a nova líder do partido de Angela Merkel, é apenas uma das muitas personalidades públicas alemãs que se têm envolvido numa campanha para dissuadir os britânicos de abandonarem a Europa que fica do lado de cá do canal da Mancha.

Segundo encontro entre Trump e o líder da Coreia do Norte mais perto de acontecer

Um segundo encontro com Trump parece ser algo ambicionado por Kim Jong-un, que terá afirmado num discurso de ano novo que estaria disposto a encontrar com o presidente dos EUA “a qualquer momento”.

Governo britânico prevê que segundo referendo do Brexit demoraria um ano a organizar

A primeira-ministra britânica vai apresentar um plano B para o Brexit na próxima semana. O debate e votação sobre o plano irá ter lugar no Parlamento britânico a 29 de janeiro.
Comentários