PremiumBrexit: Reino Unido prestes a entrar em “território desconhecido”

Já ninguém acredita que o Brexit deixe de passar por uma saída sem acordo. A Câmara dos Comuns prepara-se para rasgar o texto de Theresa May.

Foi a primeira-ministra britânica, Theresa May, que lhe chamou “território desconhecido”: o caminho sem ‘road book’ para onde se dirigirá o país se o acordo do Brexit conseguido ao fim dois longos anos de debate com a União Europeia não merecer a confiança de uma maioria da Câmara dos Comuns.

A três dias (úteis) da votação final, a 15 de janeiro, ninguém arrisca conceder qualquer hipótese ao ‘sim’ ao acordo. “Todos os sinais são negativos, não há condições para que a votação seja favorável a Theresa May”, diz o embaixador e comentador político Francisco Seixas da Costa em declarações ao Jornal Económico.

“Neste momento, está tudo preparado para um não-acordo”, refere, apesar dos esforços de Theresa May para convencer o líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, de que um acordo, qualquer que seja, é um caminho mais confortável para a economia e a sociedade britânicas.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Premium‘Naming’ do Estádio da Luz vale 50 milhões de euros por cinco anos

É com estes valores base que o Sport Lisboa e Benfica aceita negociar a venda do nome do Estádio da Luz, de acordo com informação recolhida pelo Jornal Económico junto do departamento de comunicação do clube encarnado.

PremiumValadas Coriel vai apostar na assessoria a negócios de arte

A sociedade de advogados liderada por João Valadas Coriel tornou-se em 2018 na segunda portuguesa a ter presença na Costa do Marfim, em parceria com o escritório de Eric Kondo.

PremiumFórum Capitalizar fez radiografia ao investimento em Portugal

Investimento nas empresas tem de duplicar para o país atingir a meta de crescimento de 2,2% do PIB. Descapitalização da economia e crédito malparado obstam ao financiamento às empresas.
Comentários