Renting: tempo é dinheiro

Um carro novo nem sempre obriga à sua compra. O renting é uma solução a ter em conta para quem quer um carro novo… seja particular ou empresa.

Com a mobilidade a ter uma importância cada vez maior no dia-a-dia das pessoas, a aquisição de um automóvel faz nascer um dilema: comprar ou alugar? Contas feitas, a resposta a esta pergunta pode passar pelo novo renting da Europcar.

Se é verdade que, por um lado, nunca será o proprietário do veículo, por outro lado, o renting é também a forma de incluir todas as despesas que um automóvel novo acarreta, num custo mensal fixo. Desta forma, poderá fazer desta opção um investimento menos arriscado, já que esta mensalidade é calculada tendo em conta todos os imprevistos que um carro novo pressupõe. Ao contrário do que acontecerá se pedir um financiamento para a aquisição de um automóvel novo, ao optar por um renting saberá antecipadamente todos os custos inerentes à utilização do carro. Inicialmente pensado para servir apenas as grandes empresas, hoje em dia esta é também uma boa solução para empresas de pequenas dimensões e mesmo particulares. Até porque poderá flexibilizá-la de acordo com as suas necessidades ou com as necessidades do seu negócio. Desde logo, no que respeita ao período do seu contrato: no caso da Europcar, a oferta actual começa nos 18 meses e pode ir até aos 36 meses de contrato. O Ibiza 1.0 Style ou o Arona, ambos da Seat, são dois dos modelos disponíveis com este renting flexível. A partir de 225€, pode utilizar durante dois anos e 30.000 quilómetros, o carro com que sempre sonhou.

Este serviço, pressupõe algumas vantagens para o condutor, tais como proporcionar ao cliente uma viatura de espera com valor similar à viatura a contratar, veículo de substituição ilimitada, pneus ilimitados, seguro danos próprios, cobertura para pequenos danos em fim de contrato, assistência em viagem, tudo para que o cliente não precise de se preocupar com mais nada  e tenha uma boa experiência de condução. Tudo isto, sem burocracias nem preocupações: um contrato, muitas vantagens.

 

 

Este artigo foi produzido em colaboração com a Europcar Portugal.

Recomendadas

FinTech: das finanças pessoais à análise de risco

Produtos digitais cobrem a indústria financeira. A inteligência artifical tanto apoia no ‘backoffice’ como recomenda estratégias de investimento.

Ex-presidente da Nissan pode vir a ser detido mais uma vez esta segunda-feira

A detenção deve acontecer na próxima segunda-feira, altura em que o atual período de detenção por suspeita de ter desviado cinco milhões de dólares (cerca de 4,4 milhões de euros) termina.

FinTech provocaram a disrupção da cadeia de valor da banca

Parece consensual entre ‘experts’ que o futuro dos bancos passa por entrarem nas ‘apps’ do telemóvel e que as FinTech vão ser os seus parceiros da inovação tecnológica.
Comentários