Residentes emitiram 273 milhões de títulos de dívida em maio. Em abril tinham emitido 4.335 milhões

Em maio registou-se uma queda substancial da emissão de títulos de dívida pelas empresas residentes, quando comparado com o mês precedente.

Segundo o Banco de Portugal, em maio de 2018, as emissões líquidas de títulos de dívida por residentes ascenderam a 273 milhões de euros, o que compara com um valor de 4.335 milhões de euros registado no mês anterior.

Daqui, as emissões líquidas de títulos de dívida por Sociedades não Financeiras (empresas) atingiram o valor de 288 milhões de euros (442 milhões de euros registados no mês anterior).

No final de maio de 2018, o saldo total de títulos de dívida emitidos por residentes ascendeu a 285.724 milhões de euros, diminuindo 2.617 milhões de euros face ao mês anterior e registando uma variação homóloga de 4,6%.

O saldo de títulos de dívida emitidos por empresas no fim de maio de 2018 ascendeu a 33.541 milhões de euros, aumentando 308 milhões de euros face ao mês anterior e registando uma variação homóloga de -1,5%.

 

Recomendadas

Wall Street recupera e fecha em terrenos positivos

Os três principais índices da bolsa de Nova Iorque conseguiram inverter as perdas e fecharam a negociar em terrenos positivos. O industrial Dow Jones, que chegou a perder 24.000 pontos, conseguiu recuperar. O preço do petróleo afundou.

Centeno: “Portugal tem almofada financeira que cobre 44% das necessidades para os próximos 12 meses”

Em conferência de imprensa, após anunciar que Portugal já pagou a totalidade do empréstimo concedido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) no resgate, Centeno confirmou que o rácio da dívida pública face ao PIB deverá ser de 121,2% no final do mês, ou seja, 3,5 pontos percentuais abaixo do valor registado no final do ano passado.

Centeno confirma que Portugal já pagou a totalidade do empréstimo ao FMI

A medida tinha sido anunciada por António Costa, a 29 de novembro, como “um virar de página”. Em conferência de imprensa est segund-feira, Centeno explicou que a poupança obtida através do pagamento antecipado foi de 100 milhões de euros.
Comentários