Ribeira Brava é o município da Madeira com maior taxa de criminalidade

A taxa de criminalidade atinge os 35,1% na Ribeira Brava, seguido por Funchal (29,5%), São Vicente (29,3%). Dos crimes registados pelas autoridades policiais a predominância vai para os crimes contra as pessoas e os património.

A Ribeira Brava tem uma taxa de criminalidade de 35,1%, a mais elevada dos municípios da Madeira, em 2017, de acordo com os dados da ‘Madeira em Números’, da Direção Regional de Estatística (DREM).

Acima dos 20% estão Funchal (29,5%), São Vicente (29,3%), Câmara de Lobos (28,9%), Machico (28,4%), Porto Moniz (23,2%), e Porto Santo (22,4%).

Entre os municípios com menor taxa criminal estão: Santa Cruz (12,7%), Ponta do Sol (13,1%), Santana (13,2%). A Calheta fica nos 19,6%.

A Madeira no seu global tem uma taxa de 25,4%.

Em 2017, as autoridades policiais registaram-se 6.468 crimes, uma subida face aos 6.062 do período homólogo, com predominância para os crimes contra as pessoas (2.519) e contra o património (2.292).

 

Ler mais
Recomendadas

CDS quer estatuto de Ultraperiferia na União Europeia

Fernanda Cardoso, do PSD, diz que o projeto apresentado na Assembleia Legislativa da autoria do CDS, não traz “nada de novo” e que se limita a ser “um decalque” da Declaração Final da Conferência dos Presidentes das RUP, que se reuniram em novembro do ano passado.

Fundos europeus não são um “eldorado”, diz Raquel Coelho

Já José Manuel Rodrigues, diz que é inegável afirmar que “vamos continuar a precisar como de pão para a boca” dos fundos da União Europeia.

Madeira vai promover evento de moda com 10 estilistas na Festa da Flor

O evento vai realizar-se a 11 de maio na Praça do Povo e tem como objectivo desenvolver uma colecção inspirada em flores e insere-se numa estratégia de renovação e enriquecimentos dos cartazes turísticos da Madeira.
Comentários