Ribeira Brava vai ter 5.500 metros de caminhos florestais beneficiados

A intervenção vai incluir a regularização do piso, a desmatação da vegetação, a remoção dos despojos lenhosos, e a regularização e limpeza dos sistemas de drenagem.

A Ribeira Brava vai ter uma beneficiação de 5.500 metros de caminhos florestais, levadas a cabo pelo Governo Regional.

A intervenção vai incluir a regularização do piso, a desmatação da vegetação existente no caminho e nas bermas, de maneira a evitar ignições e a propagação do fogo de um lado para o outro.

Vão ser ainda removidos os despojos lenhosos que impedem a circulação de viaturas. A obra inclui ainda a regularização e limpeza dos sistemas de drenagem desses mesmos caminhos florestais como as valetas e os drenos.

O objetivo passa por promover uma melhor gestão destes caminhos florestais e a protecção de pessoas e bens.

Recomendadas

Madeira despende cinco milhões de euros no combate ao VIH e Hepatite C

O Governo Regional estabeleceu um contrato-programa com a Associação para o Planeamento da Família (APF) que vai permitir a elaborar de testes rápidos e de diagnóstico de infecção pelo VIH.

PS chama Albuquerque e Pedro Calado à Assembleia para prestar esclarecimento sobre AIMINHO

Em causa está a constituição de Patrícia Dantas, diretora regional da Economia, como arguida no processo que envolve a Associação Empresarial do Minho (AIMINHO), que terá alegadamente criado um esquema fraudulento, envolvendo fundos comunitários, com desvios de pelo menos 10 milhões de euros.

Inaceitável. Reação do CDS-PP Madeira à recusa de Pedro Marques em prestar declarações sobre TAP

O líder do CDS-PP Madeira considera que a recusa do ministro em vir prestar declarações à comissão de inquérito sobre a gestão da TAP, da Assembleia Regional, é “sintomático do valor e do respeito” que o PS tem pelas autonomias.
Comentários