Ronaldo investigado em Espanha por não declarar mais de 60 milhões de euros

A noticia é avançada pelo Expresso que faz parte do consórcio internacional de jornalistas que teve acesso aos documentos do Football Leaks. Entretanto a Gestifute de Jorge Mendes já veio dizer que “Ronaldo e Mourinho estão em dia com as obrigações fiscais”.

O Expresso traz na edição deste sábado mais uma notícia do consórcio internacional de jornalistas de investigação. Desta vez o leaks é sobre o futebol. O mais recente caso de investigação de movimentação de fortunas para destinos com regime fiscal mais favorável, chama-se football leaks.

As noticias dão conta que Cristiano Ronaldo terá utilizado durante anos uma empresa da Irlanda, com sede em Dublin, a Multisports & Image Management (MIM) Limited, para explorar os seus direitos de imagem e arrecadar os proveitos milionários que obtém com eles.

Segundo o Expresso o fisco espanhol abriu uma investigação a Ronaldo pela não declaração de rendimentos de direitos de imagem, num valor acima dos 60 milhões de euros.

José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação da história do despoto.

A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas.

Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte.

O site El Confidencial também noticia o caso, dizendo que o jogador português passou 150 milhões para as ilhas virgens.

A Gestifute de Jorge Mendes já veio garantir que os impostos estão todos em dia. Através de uma declaração pública, disse que Cristiano Ronaldo e José Mourinho estão em dia com as suas obrigações fiscais tanto em Espanha como no Reino Unido. Na mesma declaração, enviada à Agência Lusa, a Gestifute sublinha que Cristiano Ronaldo e José Mourinho nunca estiveram envolvidos em qualquer processo judicial relativo à prática de qualquer delito fiscal e ameaça que qualquer insinuação ou acusação dessa natureza em relação a ambos será denunciada com recurso aos tribunais.

 

Ler mais
Recomendadas

Sporting: “Exigências financeiras” de Bas Dost estão a impedir saída para o Eintracht Frankfurt

O clube de Alvalade diz que “já alcançou um princípio de acordo” com os alemães e que o jogador já informou o técnico Marcel Keizer que queria deixar os ‘leões’.

PremiumTáticas para contratar: da desestabilização ao custo zero

Não deveria valer tudo para contratar mas existem clubes especialistas em manobras de aquisição dos melhores talentos. Curiosamente, ou não, esses emblemas são campeões crónicos nas suas Ligas.

“No hóquei em patins, somos como a irredutível aldeia dos gauleses”

Luís Sénica, antigo selecionador nacional de hóquei em patins e presidente da Federação de Patinagem de Portugal, realçou ao Jogo Económico a resiliência da modalidade ao longo dos anos. “Somos como a irredutível aldeia dos gauleses”, realçou o líder federativo.
Comentários