Ronaldo: Polícia de Las Vegas pede amostra de ADN à justiça italiana

O “The Wall Street Journal” avança que o pedido foi enviado para a justiça italiana, onde o jogador se encontra a jogar pela Juventus desde julho de 2018.

A Polícia de Las Vegas, nos Estados Unidos da América, emitiu um mandado para a obtenção de uma amostra de ADN de Cristiano Ronaldo, no caso da alegada violação por parte do avançado da Juventus a Kathryn Mayorga em 2009.

O advogado do jogador, Peter S. Christiansen, revelou à BBC Sports que se trata de um “pedido normal” por parte da polícia, pois existem vestígios de ADN presentes que têm de ser analisados. “O Sr. Ronaldo mantém a sua versão dos eventos, que aconteceram em Las Vegas em 2009, que foi de natureza consensual”, o advogado acrescenta que “não será surpresa se existir ADN” no vestido que se encontra como prova do alegado crime.

O “The Wall Street Journal” afirma que o pedido foi enviado para o sistema judicial de Itália, onde o jogador se encontra a jogar pela Juventus desde julho de 2018.

A revista alemã “Der Spiegel” foi a primeira a publicar a história, em outubro do ano passado, ao avançar que Mayorga apresentou queixa contra o futebolista pouco tempo depois do alegado crime ter acontecido. O Departamento da Polícia de Las Vegas garante estar a tomar as mesmas medidas como num caso regular, não podendo comentar uma investigação em curso com a imprensa internacional.

A “Der Spiegel” avançou que Ronaldo acordou em pagar a Mayorga, em 2010, perto de 330 mil euros para esta nunca ir a público contar o que aconteceu. Acordo este que os advogados de Mayorga estão a tentar anular. O advogado da estrela internacional revelou que Ronaldo não nega o facto de ter realizado o acordo com a alegada vítima mas que “o acordo não significa admissão de culpa”, uma vez que “as razões que o levaram a fazê-lo estão a ser distorcidas”.

Quando as acusações começaram a ser feitas pela comunicação social mundial, Cristiano Ronaldo recorreu ao Twitter para negar as acusações contra ele e que se tratavam de notícias falsas.

Ler mais
Relacionadas

Globe Soccer Awards: Jogador e Golo do Ano vão para Cristiano Ronaldo

O ‘capitão’ da seleção portuguesa venceu o prémio pela quinta vez, a terceira de forma consecutiva, juntando-lhe outro troféu na gala nos Emirados Árabes Unidos, graças ao pontapé de bicicleta à ‘Juve’, pelo Real Madrid, na Liga dos Campeões.

Estes 15 recordes ainda não foram batidos: UEFA desafia Ronaldo e Messi

A UEFA elaborou uma lista de recordes da qual os dois craques do futebol não fazem parte. Está feito o desafio aos dois melhores futebolistas da atualidade.
Recomendadas

Michel Platini detido em França por suspeitas de corrupção relacionada com escolha do Mundial de 2022

O antigo presidente da UEFA é suspeito de ter favorecido a candidatura do Qatar para organizar o Mundial 2022.

Lava Jato: Juíz do Supremo brasileiro pede prisão de alegados hackers

O juiz do Supremo Tribunal Federal brasileiro (STF) Alexandre de Moraes pediu na segunda-feira a prisão dos ‘hackers’ que, no seu entender, invadiram telemóveis de magistrados e procuradres envolvidos na Operação Lava Jato, avança a imprensa local brasileira

Joe Berardo pondera chamar Vítor Constâncio como testemunha contra banca

O empresário e coleccionador de arte português José Berardo está a estudar a hipótese de chamar o antigo governador do Banco de Portugal (BdP) Vítor Constâncio como testemunha num processo movido pelos bancos, revela o “Público” esta segunda-feira. Em causa está o processo judicial para recuperar 962 milhões de euros. A informação foi transmitida ao […]
Comentários